Falcão cospe em torcedores e provoca tumulto em quadra

'Nem eles e nem eu estamos certos', diz o craque do futsal

Por O Dia

Rio Grande do Sul - Craque do futsal, Falcão não chamou atenção pelos gols e jogadas de efeito. Desta vez, o ala perdeu a cabeça e se envolveu em confusão na quadra. Ele cuspiu em torcedores, criando tumulto no duelo entre Carlos Barbosa e Sorocaba, pela Liga Nacional, neste domingo.

Na função de goleiro-linha, Falcão foi buscar a bola atrás do gol e cuspiu em torcedores. A cena revoltou o estádio. A partida chegou a ser paralisada - os torcedores hostilizaram o atleta e jogaram objetos na direção dele. Após o jogo, Falcão tentou explicar a confusão.

"No momento em que tomamos o gol eles subiram na rede e começamos a nos provocar. Chegou uma hora que eles começaram a jogar cerveja e tudo quanto é coisa. Nem eles e nem eu estamos certos. O importante é que eles fizeram uma grande festa no contexto geral e só teve aquele momento que paralisou o jogo. Eu esse ano praticamente não consegui jogar e isso é muito ruim para um atleta de alto rendimento de um time grande que sempre quer estar jogando e não pode", disse Falcão ao SporTV.

Além da polêmica, Falcão ainda teve de aguentar a eliminação do Sorocaba. O Carlos Barbosa venceu por 7 a 5 no tempo normal, levou o duelo à prorrogação e ganhou por 3 a 1, avançando para a final da Liga Nacional.

Últimas de Esporte