Após mão boba, Cavani afirma que já perdoou Jara: 'Me pediu desculpas'

Chileno e uruguaio se reencontraram na última terça-feira, pelas eliminatórias sul-americanas para Copa do Mundo de 2018, na Rússia

Por O Dia

Rio - A novela envolvendo a mão de Jara em Cavani durante a Copa América parece ter chegado ao fim. No reencontro entre chileno e uruguaio na última terça-feira, pelas eliminatórias sul-americanas para Copa do Mundo de 2018, na Rússia, a bandeira da paz foi levantada. Ao fim da partida, após a vitória do Uruguai por 3 a 0, ainda no gramado, ambos conversaram e tudo foi esclarecido.

'Dedo bobo' de Jara em Cavani causou polêmica em campo e fora dele, mas assunto já é caso encerradoReprodução TV

"Jara me pediu desculpas por tudo que tinha dito. Está encerrado o assunto. Disse a ele que está tudo bem e que tivesse sorte. Não nos ensinará nada seguir falando sobre isso", afirmou.

No episódio da mão boba, Cavani chegou a revidar com um tapa as ofensas vindas de Jara, que chegou a falar mal do pai do craque uruguaio, que tinha se envolvido em um acidente naquela época. Após o incidente, o chileno foi suspenso pela Conmebol e ficou fora da semifinal e da final da Copa América, que teve a seleção chilena como campeã.


Últimas de Esporte