Rosberg vence o terceiro GP seguido e encerra a temporada da Fórmula 1

Lewis Hamilton terminou a prova na segunda colocação

Por renata.amaral

Rosberg venceu o último GP do anoEfe

Emirados Árabes - O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, voltou a desbancar neste domingo o campeão do mundo e companheiro de equipe, o britânico Lewis Hamilton, e venceu o Grande Prêmio de Abu Dhabi, o último da temporada 2015 da Fórmula 1.

Em mais uma prova de pouca emoção, o segundo colocado na classificação entre pilotos, voltou a dominar a prova, que terminou com o dono do carro de número 44 insatisfeito pela decisão da escuderia prateada de não equipá-lo com pneus supermacios após a última parada nos boxes.

Sem concorrente a altura, Rosberg venceu a terceira consecutiva, feito inédito na carreira, chegou a seis vitórias na temporada e a 14 na carreira, igualando o brasileiro Emerson Fittipaldi, o australiano Jack Brabham e o britânico Graham Hill.

Hamilton cruzou a linha de chegada na segunda colocação, o que também havia acontecido nas duas provas anteriores, os GPs do México e do Brasil, os dois primeiros disputados após a conquista do terceiro título mundial da carreira, que aconteceu nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Notícias, treinos e provas: confira o mundo da Fórmula 1

O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, fechou o pódio, com a terceira colocação, ultrapassando assim o compatriota Valteri Bottas, da Williams, que foi apenas o 13º, e garantindo assim o quarto lugar na temporada.

Logo atrás ficou o alemão Sebastian Vettel, também da escuderia italiana, seguido pelo mexicano Sergio Pérez, da Force India, pelo australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, e pelo alemão Nico Hülkenberg, também da Force India.

Felipe Massa, da Williams, foi o melhor brasileiro, terminando na oitava colocação. Com isso, o paulista chegou aos 121 pontos em 2015, terminando o ano na sexta colocação, a melhor classificação desde 2011, quando ainda corria pela Ferrari.

O francês Romain Grosjean, da Lotus, e o russo Daniil Kvyat, da Red Bull, em nono e décimo, respectivamente, completaram a zona de pontuação. Felipe Nasr, da Sauber, foi 15º, e terminou a temporada com 27 pontos, no 13º lugar.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia