Após assinar contrato bilionário, LeBron leva Cavs à vitória sobre os Blazers

Equipe do craque venceu por 105 a 100 nesta terça-feira

Por O Dia

Estados Unidos - Um dia depois de assinar um contrato bilionário, o ala LeBron James comandou nesta terça-feira as ações ofensivas do Cleveland Cavaliers na vitória, em casa, por 105 a 100, sobre o Portland Trail Blazers, e ajudou a franquia de Ohio a interromper uma sequência de três derrotas consecutivas.

LeBron foi o destaque das páginas esportivas com o anúncio de que tinha assinado um contrato vitalício bilionário com a empresa de material esportivo Nike e hoje se destacou em quadra com um double-double de 33 pontos, 14 deles apenas no último período, e dez rebotes.

"A equipe ainda não encontrou seu melhor rendimento nem consistência durante os 48 minutos, mas alcançamos um triunfo importante e necessário", comentou a estrela, que não quis falar sobre o novo contrato comercial que assinou.

O ala-pivô Kevin Love foi o segundo cestinha da equipe com 18 pontos, seguido pelo armador australiano Matthew Dellavedova, com 17, e Mo Williams, que chegou aos 13 pontos.

Já pivô brasileiro Anderson Varejão vem sendo pouco aproveitado pelo técnico David Blatt e ficou em quadra por apenas seis minutos. O jogador capixaba não fez nenhum arremesso, mas contribuiu com dois rebotes e duas assistências.

Com o resultado, os Cavs lideram a Conferência Leste com 14 triunfos em 21 partidas, com um jogo de vantagem para o Miami Heat (12-7). Seu próximo desafio será na sexta-feira, contra o Orlando Magic, na Flórida.

Os Blazers, por sua vez, sofreram a 14ª derrota da temporada em 23 compromissos e têm a quinta pior campanha do Oeste. O armador Damian Lillard foi o principal anotador da equipe com 33 pontos, seguido pelo ala-armador C.J. McCollum, com 24 pontos. O time de Portland volta à quadra nesta sexta-feira, quando vai ao Arizona encarar o Phoenix Suns.

Em outra partida desta terça, o Utah Jazz, do brasileiro Raulzinho, foi à Califórnia enfrentar o Sacramento Kings, mas acabou sendo derrotado por 114 a 106. A dupla formada por Rudy Gay e DeMarcus Cousins fez a diferença para o time da casa ao somar 46 pontos combinados (23 de cada), o que permitiu à franquia encerrar uma sequência negativa que já durava três jogos.

Pelo Utah, os destaques foram Alec Burks e Gordon Hayward, cada um com 18 pontos, enquanto Raulzinho foi escalado no quinteto titular, mas pouco produziu em seus quase 11 minutos de ação. O armador mineiro conseguiu ao todo cinco pontos, com direito a uma bola de três, e uma assistência.

A equipe de Salt Lake City soma agora nove derrotas em 19 compromissos, o que a deixa na sétima colocação da Conferência Oeste. Seu próximo desafio será já nesta quarta-feira, quando receberá em casa o New York Knicks.

A franquia nova-iorquina também será o próximo adversário dos Kings, que têm a terceira pior campanha do Oeste, com apenas oito vitórias em 23 partidas, e receberão Carmelo Anthony e companhia na capital californiana na quinta-feira.

Confira os resultados desta terça-feira na NBA:

CLEVELAND CAVALIERS 105 x 100 Portland Trail Blazers.
Indiana Pacers 123 x 131 GOLDEN STATE WARRIORS.
BROOKLYN NETS 110 x 105 Houston Rockets.
MEMPHIS GRIZZLIES 125 x 88 Oklahoma City Thunder.
Denver Nuggets 74 x 85 ORLANDO MAGIC.
SACRAMENTO KINGS 114 x 106 Utah Jazz.