Morre aos 81 anos Juvenal Juvêncio, ex-presidente do São Paulo

Dirigente foi um dos mais vitoriosos em toda a história do clube, tendo conquistado a Libertadores e o Mundial em 2005

Por O Dia

São Paulo - Juvenal Juvêncio, ex-presidente do São Paulo, morreu nesta quarta-feira. O dirigente, um dos mais vencedores da história do Tricolor, tinha 81 anos.

Há algum tempo, Juvenal vinha se tratando de um câncer na próstata. No entanto, sua saúde foi extremamente debilitada em decorrência da doença, causando grandes complicações ao dirigente nos últimos meses.

Juvenal era presidente do São Paulo até o ano passadoDivulgação

Foi presidente do São Paulo em dois períodos: 1988 a 1990 e 2006 a 2014 - o que representa um total de quatro mandatos. Juvenal foi tricampeão brasileiro em 2006, 2007 e 2008, além de ter conquistado a Liberadores e o Mundial de Clubes no ano de 2005.

O ex-presidente deixou o cargo no clube em 2014, quando ajudou Carlos Miguel Aidar a ser eleito. Entretanto, Juvenal entrou em conflito com o novo comandante e acabou deixando a diretoria.

Homenagens

Em contato com o Estado de São Paulo, Aidar comentou brevemente a morte de Juvenal: "O mundo é uma imensa fila e todos estão nela. Que Deus proteja sua alma".

Quem também se manifestou de forma curta foi Andrés Sanchez, que rivalizou com Juvenal enquanto esteve na presidência do Corinthians entre os anos de 2007 e 2011: "Ele foi por bom tempo um amante do futebol, meus pêsames a família".

O atual presidente, Leco, também falou sobre a perda: "O São Paulo está vivendo um momento de grande tristeza. Tristeza pela perda irreparável de uma grande liderança, de uma grande figura de sua história e que deixa para nós referência de conduta voltada para os interesses do São Paulo. Um homem que colocou seu talento a serviço do clube e que dele se faz parte e o tornou ainda maior. Hoje vivemos essa imensa tristeza", comentou a ESPN.com.

Muricy Ramalho deixou seus agradecimentos durante participação no programa Bate-Bola da ESPN Brasil: "Muito trabalhador, vitorioso, parceiro. Sempre fala o que tem falar diretamente. Lamento muito, sofreu bastante agora no final, tomara que Deus o acolha em um bom lugar e conforte sua família. Fez muito pelo são Paulo. trabalhou demais, e a gente perde muito".

Luís Fabiano publicou uma imagem com o ex-presidente no instagram, lamentando a perda: "Um dia muito triste. Perdemos essa figura excepcional chamada Juvenal Juvêncio. Mesmo muito doente, fez questão de me mandar mensagem na semana passada sobre minha despedida do São Paulo. Uma honra enorme para mim. Um cara fora de série, que sempre vou guardar no meu coração. Minha solidariedade a todos os familiares. Obrigado por tudo, Juvenal. Descanse em paz."

Fonte: iG

Últimas de Esporte