Argentina confirma interesse em sediar Copa do Mundo e receber prova da F-1

País vai lançar candidatura conjunta com o Uruguai

Por O Dia

Argentina - A Argentina deseja organizar, com o Uruguai, a Copa do Mundo de 2030 e voltar a fazer parte do calendário do Campeonato Mundial de Fórmula 1, confirmou, à Agência Efe nesta quinta-feira, o ministro do Turismo, Gustavo Santos.

De acordo com o representante do novo governo argentino, os dois eventos podem favorecer a imagem do país, na tentativa de atrair turistas estrangeiros. Nesta quinta-feira, à Agência Efe, Santos garantiu que a Copa e a etapa da Fórmula 1 "fortalecem nossa marca e posicionamento".

Em 7 de janeiro deste ano, o presidente da Argentina, Mauricio Macri, e o do Uruguai, Tabaré Vázquez, anunciaram que apresentarão uma candidatura conjunta para organizar a edição centenária do Mundial de futebol. No que diz respeito à Fórmula 1, o país sul-americano está desde 1998 fora do calendário, após quatro anos de provas realizadas no circuito Oscar Alfredo Gálvez, em Buenos Aires.

"São provas que têm um custo e uma complicação, mas decidimos buscar este e outros grandes eventos", concluiu Gustavo Santos.

Últimas de Esporte