Guardiola nega ambiente ruim e existência de dedo-duro no Bayern

Técnico coloca panos quentes em polêmica no clube alemão

Por O Dia

Alemanha - O técnico do Bayern de Munique, Josep Guardiola, negou nesta sexta-feira que o clima seja ruim no vestiário do clube por causa de um suposto e-mail enviado pela diretoria a pedido dele exigindo melhor comportamento dos atletas e rechaçou a ideia de que haja alguém vazando informações internas para a imprensa.

Guardiola garante que o clima no Bayern é bomReuters

"O ambiente é bom. Se não fosse, não teríamos sido campeões do primeiro turno com apenas uma derrota", afirmou Guardiola em entrevista coletiva após treino preparatório para o jogo contra o Hoffenheim, neste domingo, pelo Campeonato Alemão.

"Aqui, em Timbuktu, na África, na Austrália ou onde quer que seja, quando um jogador não joga fica um pouco triste e decepcionado. Mas o ambiente é bom", completou.

Nesta quinta-feira, o jornal esportivo "Kicker" publicou que a diretoria do Bayern enviou um e-mail que causou desconforto entre o elenco por causa de um pedido de bom comportamento. A fonte do periódico é um jogador, que teve a identidade preservada.

"Quem é esse jogador anônimo? Onde joga. Não há dedo-duro algum aqui", garantiu.

De acordo com o "Kicker", no e-mail enviado aos comandados, o clube exige que dias de folga, que cada um tem direito, sejam marcados previamente, para evitar viagens desnecessárias, principalmente ao exterior. O objetivo é evitar que isso afete o rendimento do time.

Últimas de Esporte