Ronda Rousey revela que pensou em suicídio após sofrer derrota no UFC

Motivação para se 'manter viva' foi o namorado Travis Browne

Por O Dia

Estados Unidos - A primeira derrota na carreira abalou Ronda Rousey. A invencibilidade caiu na luta contra Holly Holm, em novembro de 2015. Ronda beijou a lona. O impacto do revés deixou marcas. A estrela do UFC revelou, em entrevista para o "The Ellen DeGeneres Show", que pensou até em suicídio, mas a motivação "para se manter viva" foi o namorado Travis Browne.

Ronda Rousey foi surpreendida por Holly HolmEFE

"Eu estava sentada, pensando em me matar e que 'eu não sou nada e ninguém dá a mínima para mim'. Mas levantei a cabeça e vi Travis. Olhei para ele e estava tipo 'eu preciso ter seus bebês. Preciso me manter viva'", declarou Ronda, emocionada. Ela foi aplaudida pelo público.

Na análise de Ronda, o fato de ter topado lutar pela terceira vez num período de nove meses pesou na derrota para Holly.

"Acho que a única coisa que foi diferente desta vez foi que era a minha terceira luta por título em nove meses e não acho que alguém já tenha tentado fazer isso antes", afirmou.

Últimas de Esporte