Cristóvão Borges não resiste a mais um tropeço e está fora do Atlético-PR

Técnico perde o emprego após empate com Foz do Iguaçu

Por O Dia

Rio - O técnico Cristóvão Borges não resistiu à sequência de jogos sem vencer e não é mais o técnico do Atlético-PR. O clube informou, nesta sexta-feira, que a decisão para a saída do treinador foi "tomada em comum acordo".

Cristóvão Borges está fora do Atlético-PRGustavo Oliveira / Site oficial do Atlético-PR / Divulgação

Na quinta-feira, o Atlético-PR apenas empatou com o Foz do Iguaçu, na Arena da Baixada, pelo Estadual. Cristóvão Borges foi hostilizado pela torcida e ouviu gritos de "burro". O Furacão amarga quatro jogos sem vencer no Estadual - três empates e uma derrota.

Após o empate com o Foz do Iguaçu, Cristóvão disse que não se sentia ameaçado no cargo.

"Não me sinto. Essas coisas para mim são muito claras, não precisa a gente pensar muito ou ficar falando. Eu vou ficar se ganhar. Estou trabalhando para ganhar. O caminho é esse, se conseguir (os resultados positivos) fica, senão, sai. Nós precisamos de resultados e é dessa maneira que vamos trabalhar", declarou.

Cristóvão, que foi jogador do clube, assumiu o comando do Atlético-PR em outubro de 2015. De lá para cá, fez 20 jogos, com nove vitórias, sete empates e quatro derrotas.

Confira o comunicado do Atlético-PR

O Atlético Paranaense informa que Cristóvão Borges não é mais o treinador do Clube. A decisão foi tomada em comum acordo.

O CAP agradece os serviços prestados e deseja sucesso em sua carreira.

Últimas de Esporte