Com virada espetacular e histórica, Bayern vence a Juventus e se classifica

Após perder por 2 a 0 no primeiro tempo, alemães mostram força, conseguem a virada para 4 a 2 a prorrogação e se garantem nas quartas de final da Liga dos Campeões

Por O Dia

Alemanha - Uma noite histórica para o Bayern e os seus torcedores. Após estar perdendo por 2 a 0 e ser completamente dominado pela Juventus no primeiro tempo, a equipe de Munique mostrou força e principalmente muito talento para virar a partida para 4 a 2, nesta quarta-feira, selando a vaga dos alemães para as quartas de final da Liga dos Campeões. Pogba e Cuadrado fizeram para os italianos, enquanto Lewandowski, Muller, Thiago e Coman sacramentaram a classificação inesquecível dos Bávaros.

Pogba abriu o placar para a Juventus aos 5 do primeiro tempo, aproveitando falha feia de Alaba. Aos 22, a arbitragem deu uma ajuda ao Bayern. Após saída de bola errada de Neuer, Khedira passou para Morata, em posição legal, tocar por cobertura sob o goleiro alemão. Porém o bandeira apontou impedimento inexistente na jogada. Mas aos 28, o camisa 9 da Juve apareceu de novo para brilhar. O atacante espanhol arrancou do meio-campo, driblou quatro jogadores e serviu para Cuadrado, que ainda teve tranquilidade de deixar Alaba no chão, e bater com categoria para ampliar o placar.

Bayern conseguiu se classificarEfe

No fim do primeiro tempo, Cuadrado ainda teve a chance de praticamente selar a classificação da Juventus, mas Neuer operou um milagre e evitou um desastre na Allianz Arena. Na volta para o segundo tempo, o Bayern partiu para o tudo ou nada e tentou mostrar algum futebol, já que não jogou nada no primeiro tempo. Porém, a Juve iniciou o segundo tempo como terminou o primeiro: pressionando. Nome do jogo até ali, Morata aos 10 teve nova chance, mas parou mais uma vez na parede alemã. Na sequência, o camisa 9 fez mais uma linda jogada, mas parou na zaga do Bayern já na pequena área.

Mesmo atuando em casa, o Bayern pouco produzia e se via perdido com a marcação da Juve. Porém com a entrada de Coman, os alemãs ganharam novo fôlego na partida. Com a classificação encaminhada, os italianos se postaram na defesa e aceitaram a pressão. E aos 28, a equipe de Munique conseguiu furar o bloqueio. Douglas Costa teve espaço na entrada da área e cruzou com maestria na cabeça de Lewandowski para diminuir o placar. Acuada, a Juventus não conseguia sair de trás e tentou se segurar de todas as formas.

Embalado por um inspirado Douglas Costa, o Bayern foi com tudo para o ataque e todas as jogadas ofensivas passavam pelos pés do brasileiro. Em duas jogadas seguidas, a equipe alemã quase empata. Na primeira, o camisa 11 cruzou para Lewandowski assim como na jogada do primeiro gol, porém o Polonês colocou na trave e estava impedido. Na segunda, o meia da seleção cruzou com perigo e a bola passou por todo mundo para sair rente a trave de Buffon. A pressão dos Bávaros só surtiu efeito aos 45 do segundo tempo. Vidal roubou a bola de Evra na entrada da área e serviu Coman na direita. O francês cruzou com maestria para Muller fazer a Allianz Arena explodir. Prorrogação garantida.

Após um segundo tempo praticamente todo se defendendo, a Juventus começou a prorrogação agredindo. Aos 2, Litchsteiner armou boa trama com Mandzukic e recebeu livre na área cara a cara com Neuer, mas não finalizou com força. O Bayern insistia muito com seus pontas, principalmente com Ribery, mas o francês cansou e Guardiola colocou Thiago, que viria ser o salvador da pátria. Aos 3 do segundo tempo da prorrogação, o meia espanhol tabelou com Muller na entrada da área e finalizou com categoria no canto de Buffon para confirmar a virada histórica do Bayern. E a equipe alemã não parou por aí.

No minuto seguinte, Coman, jogador da Juventus, mas que está por empréstimo no Bayern, deu requintes de crueldade à virada ao avançar com velocidade pela direita, cortar para o meio e bater com categoria de esquerda no ângulo do Buffon e sacramentar a noite história em Munique: 4 a 2 e vaga garantida nas quartas de final da Liga dos Campeões. A Juve ainda tentou com Mandzukic e Hernanes, mas Neuer estava em noite inspirada e garantiu a festa dos Bávaros na Allianz Arena.

Últimas de Esporte