Seis meses após sofrer grave lesão, Rafinha Alcântara recebe alta no Barça

A notícia é boa também para a Seleção Olímpica, que convocou o meia para os próximos dois amistosos da equipe

Por O Dia

Espanha - O pesadelo do brasileiro Rafinha Alcântara está cada vez mais perto de acabar. Seis meses depois de sofrer a lesão mais grave de sua carreira, o jogador do Barcelona recebeu alta médica e ficou mais perto do retorno aos gramados, conforme revelou o próprio clube catalão nesta quinta-feira.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e jogos: os destaques do futebol internacional

Rafinha se contundiu no dia 16 de setembro do ano passado, quando levou uma dura entrada Nainggolan no confronto com a Roma, pela Liga dos Campeões, e rompeu o ligamento cruzado do joelho direito. Dias depois, o jogador passou por procedimento cirúrgico.

Rafinha recebeu alta no BarcelonaEfe

O meio-campista brasileiro passou por um longo período de recuperação e já vinha realizando algumas atividades físicas com o restante dos jogadores. Somente agora, no entanto, ele deverá voltar a trabalhar normalmente e, conforme readquirir a forma física, vestir a camisa do clube em campo novamente.

A alta de Rafinha também é uma boa notícia para a seleção brasileira olímpica. O jogador foi chamado para os amistosos contra Nigéria e África do Sul, nos próximos dias 24 e 27, respectivamente, e a CBF tenta sua liberação junto ao Barcelona. A tendência, no entanto, é que ele se apresente apenas para treinar com os companheiros da seleção.

Rafinha Alcântara vinha tendo um ótimo início de temporada e se firmava como titular do Barcelona quando sofreu a lesão em setembro. O jogador já havia disputado seis partidas em 2015/2016, sendo quatro como titular, e marcado um gol.

Últimas de Esporte