Para ter Neymar na equipe, PSG pagaria multa rescisória milionária, diz jornal

Apesar disso, segundo o 'L'Équipe', agente do craque diz não haver negociação entre o brasileiro e o clube francês

Por O Dia

França - O Paris Saint-Germain quer contar com Neymar na próxima temporada e estaria disposto a pagar os 193 milhões de euros (quase R$ 780 milhões) da multa de rescisão do contrato do atacante com o Barcelona, informou nesta segunda-feira o jornal 'L'Équipe'.

O brasileiro seria a peça fundamental da equipe francesa para os próximos anos, de acordo com o jornal, que, no entanto, afirma que a operação será bastante complicada.

O 'L'Équipe' traz declarações do agente de Neymar, Wagner Ribeiro, que afirma não haver negociações entre as equipes. Ele ainda diz que o artilheiro "se sente bem no Barcelona, que considera a melhor equipe do mundo".

Neymar estaria na mira do PSGReprodução Internet

"Mas a perspectiva de viver em uma cidade como Paris e jogar em um clube como o Paris Saint-Germain também é um sonho para todos os jogadores. Veremos o que ocorre daqui dois anos, quando acaba seu contrato (com o Barcelona)", disse Ribeiro.

Neymar atualmente está negociando com o Barcelona para estender seu vínculo com o clube.

O agente do brasileiro, no entanto, afirmou que se o PSG mostrar interesse poderá negociar porque 'pagar a cláusula de rescisão não seria um problema insuperável' para a equipe francesa.

Agente do também brasileiro Lucas, Ribeiro afirmou que Paris foi o motivo que convenceu o meia, ex-São Paulo, a atuar com a camisa do PSG em vez de se transferir para o Manchester United.

"Lucas sempre pressiona para que Neymar se una a ele. Não deixa de dizer: vem jogar em Paris, vamos nos divertir. Eles se conhecem desde que eram meninos, jogaram juntos na seleção desde a sub-17", afirmou o agente.

Segundo o 'L'Équipe', o PSG estaria disposto a oferecer um contrato de 20 milhões de euros por temporada para Neymar, um valor 5 milhões de euros superior ao recebido atualmente no Barcelona.

A juventude do atacante, que tem 24 anos, o transformou no principal alvo dos donos do PSG, que até agora preferiam o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, de 31 anos.

Últimas de Esporte