Sport 'abre mão' da Copa do Brasil e avisa que vai priorizar a Sul-Americana

Equipe Sub-20 vai representar o Leão na competição nacional

Por O Dia

Recife - O Sport Club do Recife se posicionou oficialmente sobre a prioridade entre a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana. O Leão, campeão da competição nacional em 2008, destacou que os planos para a atual temporada incluem a conquista de um título internacional. Por este motivo, a estreia da equipe na Copa do Brasil, diante do Aparecidense, terá a presença de atletas da categoria Sub-20 em campo. A medida visa poupar os titulares para cumprir o planejamento do clube. 

Confira a nota da íntegra:

"Nesta quarta-feira (06), o Sport Club do Recife começará sua trajetória na Copa do Brasil, jogando contra o Aparecidense, no estádio Anibal Batista de Toledo, em Goiás. A estreia vem junto com uma difícil escolha. Diante de um regulamento arcaico, que obriga os clubes a em determinado momento optar entre a permanência nessa competição brasileira ou a participação na Copa Sul-Americana, a Diretoria do Leão vem a público anunciar que irá priorizar a busca pelo título internacional.

Tal decisão baseou-se no planejamento estratégico do Clube para 2016 que, além de ter como meta prioritária o Campeonato Brasileiro Série A, visa ainda a conquista de um título internacional. É importante ressaltar que a opção pelo torneio sul-americano não causará mudança no planejamento financeiro, já que a Copa do Brasil e a Sul-Americana se equivalem neste quesito.

Por maior que seja o respeito pela Copa do Brasil e pelo título conquistado em 2008, o Sport dará a largada na competição com uma equipe formada, majoritariamente, por atletas do Sub-20. A medida visa poupar os jogadores titulares de um intenso calendário e mantê-los focados no planejamento institucional.

O Sport ressalta que, na reunião do Conselho Técnico da CBF do ano de 2015, propôs que a opção fosse exercida de maneira clara em prazo anterior às duas competições, proposta acatada pela unanimidade dos clubes da série A e, em tese, então aceita pela CBF. Para surpresa de todos, porém, a CBF manteve, em 2016, a regra antidesportiva e antiética de eliminação da Sul-Americana do clube que ultrapassar a 3ª. Fase da Copa do Brasil.

Coerente com a filosofia do planejamento e com o princípio da transparência, o Sport anuncia a decisão e conta com a compreensão de toda a nação rubro-negra. E, acima de tudo, espera o apoio da sua imensa torcida em todas as partidas que estão por vir: nosso sub-20 saberá honrar as tradições do Sport e desincumbir-se com honra e muita garra da competição em que o representará.

Pelo Sport Tudo!"

Últimas de Esporte