Volta Redonda é 'surpresa' no Carioca e aquece a disputa por vaga na semifinal

Motivo de dor de cabeça para os grandes, Voltaço segue no G4 da competição e avisa que vai 'secar' os rivais neste sábado

Por O Dia

Rio - No que depender do Volta Redonda, as semifinais do Carioca terão um "penetra", um intruso na "festa" entre os grandes. O time da Cidade do Aço está à vontade entre os quatro primeiros colocados na Taça Guanabara e não pretende ceder a vaga para o Flamengo, que aparece na sexta posição. O Voltaço depende apenas dos próprios resultados para ir à semifinal, o que pode ser uma surpresa para muitos, mas não para o técnico Felipe Surian. 

Volta Redonda segue trabalhando para ir à semifinalDivulgação

"A gente trabalha para isso, desde a pré-temporada. Buscamos a classificação para a Taça Guanabara e, após isso, passamos a buscar estar sempre ali entre os grandes. Conseguimos fazer bons jogos e estamos na briga. Os jogadores assimilaram nosso projeto de jogo e o projeto tático que proporcionei. O mérito é de todos, todos ajudaram um pouco. Dentro de campo o mérito é dos atletas, eles que resolvem. É fruto de muito trabalho sério e competência", disse.

O técnico ainda destacou que depender apenas do próprio resultado gera mais tranquilidade para a equipe e admitiu "ligar o secador" para não ver os adversários ameaçarem a presença na semifinal.

Tiago Amaral marcou 9 gols na competiçãoReprodução Facebook

"A gente que proporcionou ter o resultado nas nossas mãos, ter tranquilidade. O Flamengo joga no sábado e nós vamos jogar domingo, sabendo o resultado deles. Isso gera tranquilidade. Nosso fator principal é focar no jogo contra o Fluminense e secar o Flamengo no sábado", falou.

Sempre que pode, o Volta Redonda "atrapalha" a festa dos grandes no Carioca. Foi assim nas vitórias sobre o Flamengo e Fluminense e no empate com o Vasco, na casa do adversário, que tirou a liderança das mãos do Cruzmaltino. O próximo desafio do Voltaço será o duelo com o Tricolor das Laranjeiras. Felipe Surian projeta uma partida diferente, mas espera sair de campo novamente com o resultado favorável.

"Eles estão com um novo técnico, o Levir é extremamente inteligente. O Fluminense mostrou reação. O Fred faz a diferença para eles, não podemos deslizar na marcação, qualquer vacilo da defesa ele faz gol. Mas vamos manter o mesmo foco e a mesma determinação da primeira partida", afirmou.

No primeiro encontro entre Volta Redonda e Fluminense, no Estadual, Tiago Amaral marcou dois dos três gols que deram a vitória para o Voltaço, pelo placar de 3 a 1. O atacante divide a artilharia do Carioca com Almir, do Bangu - ambos têm nove gols. Porém, o centroavante do Voltaço não marca há três jogos. Nada que o abale.

"O jejum não incomoda. Ali na frente a gente tem de pensar em marcar. Muitas vezes a gente joga por uma bola só. A minha função maior é fazer gols e eu assumo essa responsabilidade. Espero poder marcar contra o Fluminense e ajudar a equipe. Mas, independentemente de quem faça o gol, o importante é sempre sair com a vitória. O jogo com o Fluminense vai ser difícil, diferente do último que fizemos com eles. Mas vamos dar o nosso melhor e buscar a vitória", disse.

O Volta Redonda enfrenta o Fluminense, neste domingo, às 16h. A partida será disputada no Raulino de Oliveira.


Reportagem de Sarah Borborema

Últimas de Esporte