Dallas Mavericks bate o Utah Jazz fora de casa e se garante no playoff da NBA

Agora, Utah e Houston brigam pela última vaga no Oeste

Por O Dia

Estados Unidos - O veterano ala alemão Dirk Nowitzki mostrou nesta segunda-feira seu jogo de basquete mais completo e liderou o Dallas Mavericks no triunfo, fora de casa, por 101 a 92, sobre o Utah Jazz, do brasileiro Raulzinho, garantindo a classificação do time texano aos playoffs da NBA.

Nowitzki conseguiu um duplo-duplo de 22 pontos e 11 rebotes e contou também com ajuda do armador Deron Williams, ex-jogador do Jazz, que brilhou no ataque dos Mavericks com 23 pontos, enquanto o ala-armador Wesley Matthews chegou aos 20 e completou o trio de jogadores decisivos no ataque do time texano.

Com o resultado, a equipe de Dallas estabeleceu a marca de 42 vitórias e 39 derrotas e se manteve na sétima posição da Conferência Oeste, deixando apenas uma vaga disponível para a fase final da competição, que ficará com o Jazz ou com o Houston Rockets, já que ambos têm campanha idêntica (40v-41d).

O Houston, no entanto, leva vantagem nos confrontos diretos com o Utah e, com isso, precisa apenas vencer o Sacramento Kings, em casa, na nesta quarta-feira, para avançar à fase final. Já o Jazz precisará vencer o Los Angeles Lakers no Staples Center, em jogo que marcará despedida do astro Kobe Bryant das quadras e torcer por um tropeço do Houston.

Contra o Dallas, o destaque do time de Salt Lake City foi o ala Gordon Hayward, com 26 pontos, seguido por Shelvin Mack, com 18. Já Raulzinho jogou por apenas oito minutos e terminou zerado em pontos ao errar os dois arremessos que tentou. O brasileiro, no entanto, distribuiu três assistências e pegou dois rebotes, ambos defensivos.

Cleveland vence com propriedade

Se na Conferência Oeste ainda resta uma vaga, do outro lado tudo ficou definido faltando um jogo para o término da temporada regular, com o Cleveland Cavaliers em poder da melhor marca após vencer nesta segunda-feira, em casa, com relativa facilidade, o Atlanta Hawks, por 109 a 94. Com isso, o time de Ohio terá a vantagem do mando de campo nos playoffs até as finais da Conferência Leste.

O armador Kyrie Irving foi o cestinha dos Cavaliers com 35 pontos, mas o grande nome da equipe foi o astro LeBron James, que brilhou com 34 pontos em apenas três períodos de ação.

LeBron conseguiu 19 pontos no terceiro quarto e jogou por apenas 32 dos 48 minutos possíveis, ao ver que a equipe já não precisaria de seus serviços na última parcial, pois liderava com 15 pontos de vantagem.

Além de brilhar no ataque, o astro dos Cavs pegou seis rebotes e deu seis assistências, enquanto anotou 13 dos 16 arremessos de quadra que fez e teve 100% de aproveitamento nos lances livres (5 de 5).

Com LeBron no banco, Irving assumiu a responsabilidade de comandar o ataque da equipe, enquanto o ala-pivô Kevin Love foi o líder no jogo dentro do garrafão com um duplo-duplo de dez pontos e 14 rebotes.

Os Hawks, por sua vez, tiveram como grande destaque individual o pivô dominicano Al Horford, que conseguiu um duplo-duplo de 20 pontos e 11 rebotes, mas a equipe ficou atrás no placar durante praticamente toda a partida e não teve chances de conseguir a vitória, que teria assegurado ao time da Geórgia o título da Divisão Sudeste.

Mesmo com a derrota, os Hawks continuam na liderança da Divisão Sudeste, com 48 vitórias e 33 derrotas, mas a equipe, que ainda tem um jogo para disputar, pode ser superada pelo Miami Heat (47v-33d), que ainda tem dois compromissos pela temporada regular.

Felício brilha

Em outra partida de segunda-feira, o já eliminado Chicago Bulls venceu o New Orleans Pelicans, fora de casa, por 121 a 116. Sem maiores pretensões na temporada, após ficar fora dos playoffs, o time de Illinois resolveu poupar seus principais jogadores e deu chances para alguns reservas, entre eles o brasileiro Cristiano Felício, que entrou como titular e teve sua melhor atuação da carreira na NBA, com 16 pontos e seis rebotes em 27 minutos de ação.

Já Marcelinho Huertas, outro brasileiro que entrou em quadra na segunda-feira, viu sua equipe, o Los Angeles Lakers, ser massacrada fora de casa, por 112 a 79, pelo Oklahoma City Thunder, em jogo que marcou a despedida de Kobe Bryant do público de Oklahoma City.

Marcelinho atuou por cerca de 27 minutos e anotou quatro pontos, quatro rebotes, cinco assistências e duas roubadas de bola, enquanto Kobe marcou 13 pontos em seu penúltimo jogo na NBA.

Confira os resultados desta segunda-feira na NBA

Cleveland Cavaliers 109x94 Atlanta Hawks
Orlando Magic 107x98 Milwaukee Bucks
Boston Celtics 100x114 Charlotte Hornets
Brooklyn Ntes 111x120 Washington Wizards
Minnesota Timberwolves 105x129 Houston Rockets
New Orleans Pelicans 116x121 Chicago Bulls
Oklahoma City Thunder 112x79 Los Angeles Lakers
Utah Jazz 92x101 Dallas Mavericks
Phoenix Suns 101x105 Sacramento Kings

Últimas de Esporte