Andy Murray surpreende Rafael Nadal e garante vaga na final do torneio de Madri

Em reedição da decisão do último ano, no mesmo lugar, a vitória ficou novamente com o tenista britânico, por 2 sets a 0

Por O Dia

Espanha - Rafael Nadal talvez seja o maior especialista no saibro de todos os tempos, mas neste sábado foi surpreendido por um tenista que está longe de ter o piso como preferido. O britânico Andy Murray superou as costumeiras dificuldades neste tipo de quadra e derrotou o espanhol por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, para avançar à final do Masters 1000 de Madri.

Além da superioridade de Nadal no saibro, Murray teve que superar também o apoio da torcida espanhola a seu ídolo. E deu certo. Atual campeão, o britânico número 2 do mundo manteve-se na disputa pelo título e, com a ida à final, impediu que Roger Federer o ultrapassasse no ranking da ATP mesmo sem entrar em quadra nesta semana.

Andy Murray derrotou Rafael Nadal nas semifinais de MadriEfe

Murray também interrompeu uma ótima sequência de Nadal no saibro europeu. O espanhol vinha de 13 vitórias consecutivas, que lhe renderam os títulos em Montecarlo e Barcelona, além da ida às semifinais em Madri. Foi somente a segunda vitória do britânico sobre o rival neste piso, sendo que a primeira foi justamente na decisão em Madri do ano passado.

Neste sábado, Murray mostrou que estava em bom dia logo de início, ao quebrar o saque de Nadal no quarto game. Ele teve a chance de fechar o set em seu saque, com 5/3 no placar, mas permitiu uma quebra ao adversário. Foi só um susto, porque pouco depois o britânico atacou o serviço do rival e fechou o set.

A segunda parcial foi quase uma repetição da primeira. Murray buscou a quebra no sexto game e teve novamente a chance de fechar com 5/3 no placar, mas foi quebrado. Só que desta vez, o britânico foi ainda mais rápido na recuperação, venceu o game seguinte e confirmou a vitória.

Para triunfar, Murray precisou salvar 11 break points. O cabeça de chave número 2 da competição conseguiu somente sua sétima vitória diante do número 5 do mundo, em 24 confrontos já disputados.

Agora, Murray espera para conhecer seu adversário na decisão, que será definido ainda neste sábado. O número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic, enfrentará o japonês Kei Nishikori, sexto colocado do ranking, na outra semifinal.

Últimas de Esporte