Novak Djokovic completa 200 semanas como número 1; Bellucci deixa o Top 50

Brasileiro agora ocupa a 57ª colocação do ranking da ATP

Por O Dia

Rio - Novak Djokovic inicia a sua participação em Roland Garros, o segundo Grand Slam da temporada, com uma marca histórica. Dominante no tênis, o sérvio alcançou a 200ª semana como número 1 do mundo com a última atualização da lista, que leva em consideração os resultados da semana que antecedeu o início do tradicional torneio em Paris e também ficou marcada pela saída do brasileiro Thomaz Bellucci da relação dos 50 melhores tenistas do mundo, além do retorno do croata Marin Cilic ao Top 10.

Novak Djokovic continua soberano no topo do ranking da ATPEfe

O sérvio também atingiu a 99ª semana consecutiva como número 1 do mundo, com 16.150 pontos, quase o dobro do segundo, o britânico Andy Murray, com 8.435. O suíço Roger Federer, que não vai jogar Roland Garros, é o terceiro colocado da lista, com 7.015 pontos.

Campeão de Roland Garros no ano passado, o suíço Stan Wawrinka segue na quarta posição, mas agora com 6.315 pontos após ser campeão no último fim de semana do Torneio de Genebra. Ele é seguido pelo espanhol Rafael Nadal, o quinto colocado, pelo japonês Kei Nishikori, pelo francês Jo-Wilfried Tsonga, pelo tcheco Tomas Berdych e pelo canadense Milos Raonic, em nono lugar

O Top 10 do ranking agora é fechado pelo croata Marin Cilic, que foi vice-campeão em Genebra e subiu uma posição, agora ocupando o décimo lugar. O espanhol David Ferrer também ascendeu um posto, para a 11ª posição, após avançar até as semifinais do torneio suíço. Eles ultrapassaram o francês Richard Gasquet, que perdeu duas posições e agora é o número 12 do mundo.

Bicampeão do Torneio de Nice no último fim de semana, o austríaco Dominic Thiem se manteve em 15º lugar no ranking. Já o alemão Alexander Zverev, que foi derrotado na decisão, ganhou sete posições e se tornou o número 41 do mundo.

Bellucci sofreu grande queda nesta atualização da lista. O brasileiro defendia 250 pontos na última semana, relativos ao título de Genebra no ano passado, mas caiu na segunda rodada na competição suíça e somou apenas 20. Assim, perdeu 18 posições e caiu para a 57ª colocação, com 825 pontos. Em Roland Garros, ele defenderá 45 pontos, pois avançou à segunda rodada no ano passado.

Além de Bellucci, o Brasil possui outro tenista entre os 100 melhores do mundo: Rogério Dutra Silva, que manteve a 85ª colocação no ranking e também jogará o Grand Slam parisiense.

A próxima atualização da lista da ATP, em 6 de junho, tem maior importância, pois fechará o ranking olímpico. Com um limite de quatro tenistas por país, os 56 melhores colocados estarão classificados para os Jogos do Rio. Depois, a Federação Internacional de Tênis fará oito convites para o evento.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP

1º - Novak Djokovic (SER), 16.150 pontos
2º - Andy Murray (GBR), 8.435 pontos
3º - Roger Federer (SUI), 7.015 pontos
4º - Stan Wawrinka (SUI), 6.315 pontos
5º - Rafael Nadal (ESP), 5.675 pontos
6º - Kei Nishikori (JAP), 4.470 pontos
7º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.355 pontos
8º - Tomas Berdych (RCH), 2.850 pontos
9º - Milos Raonic (CAN), 2.785 pontos
10º - Marin Cilic (CRO), 2.775 pontos
57º - Thomaz Bellucci (BRA), 825 pontos
85º - Rogério Dutra Silva (BRA), 686 pontos
139º - Thiago Monteiro (BRA), 409 pontos
165º - Andre Ghem (BRA), 325 pontos
177º - Guilherme Clezar (BRA), 307 pontos
186º - João Souza (BRA), 300 pontos

Últimas de Esporte