Ricciardo desbanca Mercedes em Mônaco para conquistar primeira pole

Australiano conseguiu superar os seus adversários neste sábado

Por O Dia

Mônaco - O australiano Daniel Ricciardo conquistou neste sábado a primeira pole position na Fórmula 1, ao desbancar as Mercedes do alemão Nico Rosberg e do britânico Lewis Hamilton, no treino de classificação para o Grande Prêmio de Mônaco, que foi ruim para os brasileiros. O dono do carro número 3, que já havia conseguido ser mais rápido em um das sessões livres da quinta-feira, cravou 1min13s622, ainda no começo da terceira parte da atividade de hoje, que definiu a ordem de largada dos dez primeiros colocados.

Entre Rosberg e Hamilton%2C Ricciardo comemora a poleEfe

A volta quase perfeita de Ricciardo virou um objetivo quase inalcancável para os concorrentes. Quem chegou mais perto do australiano foi Rosberg, que alcançou o tempo de 1min13s791, na última tentativa na qualificação. Hamilton, que deu susto no início do Q3, ficando parado na saída dos boxes, conseguiu emplacar uma volta rápida e alcançou a terceira colocação, com 1min13s942.

Os alemães Sebastian Vettel, da Ferrari, e Nico Hulkenberg, da Force India, completam o 'top-5' do grid de largada. Do sexto ao décimo lugar, ficaram o espanhol Carlos Sainz, da Toro Rosso, o mexicano Sergio Pérez, da Force India, o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, o espanhol Fernando Alonso, da McLaren, e o finlandês Valtteri Bottas, da Williams. Outro piloto da Finlândia, Kimi Raikkonen, da Ferrari, ficou na sexta colocação no Q3, no entanto, acabou sendo punido em cinco posições no grid, devido troca de câmbio feita antes do treino, o que o obrigará largar em 11º.

Felipe Massa, da Williams, não conseguiu ir além da segunda das três partes da qualificação. O brasileiro cravou tempo de 1min15s385 e vai partir do 14º posto. Felipe Nasr, da Sauber, sequer foi para a pista, por causa de problema no motor do carro. O brasiliense largará imediatamente atrás do holandês Max Verstappen, da Red Bull, que venceu a prova mais recente, na Espanha, mas que bateu na tentativa de volta rápida e não conseguiu ir além do 21º lugar.

Últimas de Esporte