Liga dos Campeões: time ideal tem dois brasileiros deixados de lado por Dunga

Thiago Silva e Marcelo estão na equipe dos melhores do torneio, mas não são convocados para a seleção brasileira

Por O Dia

Rio - Considerados os quatro times mais badalados da atualidade, Atlético de Madrid, Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique dominam a seleção ideal da edição 2015/16 da Liga dos Campeões da Europa. As quatro equipes têm 17 dos 18 jogadores apontados por uma comissão eleita pela Uefa. A escalação é completada pelo brasileiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain.

Fora da seleção brasileira, Marcelo está no time ideal da Liga dos CampeõesEfe

O Brasil tem outro jogador na seleção ideal: o lateral-esquerdo Marcelo, campeão com o Real Madrid. O curioso é que nenhum dos dois brasileiros eleitos entre os 18 melhores da Liga dos Campeões mereceu lugar na convocação do técnico Dunga para a Copa América Centenário.

Essa é a primeira vez que Thiago Silva e Marcelo entram para a seleção ideal, que está em sua terceira edição neste formato. No ano passado, Neymar foi escolhido para o time. Em 2014, entraram os brasileiros naturalizados Pepe (joga por Portugal) e Diego Costa (defende a Espanha).

Dessa vez, como não poderia ser diferente, o time é dominado por atletas de Real Madrid e Atlético de Madrid. Do campeão foram eleitos Sergio Ramos, Marcelo, Kroos, Modric, Cristiano Ronaldo e Bale, chamando atenção a ausência de Casemiro, um dos destaques do Real na fase final do torneio.

Já a lista de eleitos do Atlético de Madrid é puxada pelo goleiro Oblak, que nem sequer pulou para tentar agarrar os pênaltis na decisão do título, sábado. Também foram escolhidos Godin, Juanfran (único que perdeu sua cobrança), Gabi, Koke e Griezmann

A equipe é completada por Iniesta, Messi e Suárez, do Barcelona, Neuer e Lewandowski, do Bayern de Munique. Essas duas equipes foram eliminadas pelo Atlético de Madrid, respectivamente nas quartas de final e na semifinal. O Manchester City, o outro semifinalista, não teve ninguém eleito.

Chama a atenção que, na comparação com a equipe ideal do ano passado, só se mantiveram os meias Andrés Iniesta e Toni Kroos e os atacantes Suárez, Cristiano Ronaldo e Messi. Da mesma forma, só Iniesta, Kroos e Cristiano Ronaldo haviam se mantido de 2014 para 2015, o que mostra a altíssima rotatividade no time.

Confira a seleção ideal

Goleiros: Jan Oblak (Atlético de Madrid) e Manuel Neuer (Bayern de Munique);
Defensores: Diego Godín, Juanfran (Atlético de Madrid), Thiago Silva (PSG), Sergio Ramos e Marcelo (Real Madrid);
Meio-campistas: Gabi, Koke (Atlético de Madrid), Iniesta (Barcelona), Kroos e Modric (Real Madrid);
Atacantes: Griezmann (Atlético de Madrid), Suárez, Messi (Barcelona), Lewandowski (Bayern de Munique), Cristiano Ronaldo e Bale (Real Madrid).

Últimas de Esporte