Em jogo morno, árbitro anula gol legal do Equador e salva Brasil da derrota

Seleção estreou com empate pela Copa América Centenário

Por O Dia

Estados Unidos - O horário já era tarde para os brasileiros e o que foi apresentado em campo não contribuiu muito para animar o final de noite e início de madrugada de quem acompanhou a Seleção na estreia pela Copa América Centenário. Nos Estados Unidos, o Brasil não saiu do zero contra o Equador e ainda poderia ter sido derrotado, já que Bolaños teve um gol anulado de forma equivocada, em um lance que seria uma falha inacreditável do goleiro Alisson. 

Na próxima rodada, o Brasil encara o Haiti, na quarta-feira, ás 20h30 (Horário de Brasília). Mesmo dia de Equador e Peru, porém, o duelo acontece às 23 horas (Horário de Brasília).

Brasil ficou no empate contra o EquadorReprodução Internet

O JOGO

A partida entre Brasil e Equador começou muito movimentada. A equipe de Gustavo Quinteros criou a primeira boa oportunidade na partida. Bolaños recebeu em boas condições, disparou e finalizou para fora, assustando o goleiro Alisson.

O Brasil respondeu no lance seguinte. Willian fez bela jogada pela esquerda, passou pela zaga do Equador e cruzou para Philippe Coutinho, que dentro da área, apareceu para finalizar. A bola só não entrou, porque Dreer fez grande defesa, salvando o time adversário. 

A primeira etapa seguiu com o Brasil pressionando o Equador. Porém, as chances não foram muito claras. Coutinho e Elias tiveram boas possibilidades, mas não capricharam nas finalizações, que acabaram não assustando o Equador.

O segundo tempo começou bem morto, com as duas equipes com dificuldades para acertar passes. Buscando uma mudança no panorama da equipe, Dunga colocou Gabigol em campo na vaga de Jonas.

Aos 20 minutos aconteceu um lance polêmico na partida. Bolaños recebeu passe e antes da bola sair cruzou para a área, Alisson não conseguiu segurar a bola e iria engolir um frangasso, porém, o auxiliar marcou erradamente uma saída de bola, salvando o Brasil de levar o gol.

O cenário da partida continuou o mesmo. O Brasil com mais posse, mas com pouca objetividade e o Equador sem conseguir acertar os contra-ataques. O fim do duelo foi de pouca emoção e terminou mesmo sem nenhuma alteração no placar.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 0 X 0 EQUADOR

Local: Estádio Rose Bowl, em Pasadena (EUA)
Data/Hora: 4/6/2016, às 23h (de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñán (CHI)
Cartões amarelos: Casemiro, Elias, Gil (BRA); Paredes, Enner Valencia, Jaime Ayoví (EQU)
Gols: -
Público: 53.158 presentes

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Gil e Filipe Luís; Casemiro, Elias (Lucas Lima, 41'/2ºT), Renato Augusto, Willian (Willian, 30'/2ºT) e Philippe Coutinho; Jonas (Gabigol, 16'/2ºT). Técnico: Dunga

EQUADOR: Dreer, Paredes, Achiller, Mina e Ayoví; Gruezo, Noboa, Montero (Fidel Martinez, 35'/2ºT), Miler Bolaños (Gaibor, 44'/2ºT) e Valencia; Enner Valencia (Jaime Ayoví, 35'/2ºT). Técnico: Gustavo Quinteros.

Últimas de Esporte