Juiz arquiva processo contra Neymar sobre pagamento de direitos federativos

Craque do Barcelona tem vitória na Justiça da Espanha

Por O Dia

Espanha - O juiz espanhol José de la Mata arquivou nesta sexta-feira o processo aberto contra o atacante Neymar, seu pai, e ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell, entre outros, por um crime de corrupção pela suposta fraude ao fundo brasileiro DIS, que administrava os direitos federativos do atacante.

De acordo com juiz, negociação de Neymar não afetou livre concorrênciaEfe

No auto, o juiz da Audiência Nacional considerou que as condutas denunciadas na denúncia interposta pelo fundo DIS, apesar de poderem ter repercussão "esportiva, ética e disciplinar", não se encaixam em um procedimento penal.

De acordo com De la Mata, a contratação de Neymar pelo Barcelona não afetou a livre concorrência entre clubes, como afirmavam tanto os querelantes como o promotor, que no dia 7 junho pediu para denunciar judicialmente Neymar, seu pai, sua mãe e Rosell, pelo crime de corrupção entre particulares e outro de fraude, assim como Odílio Rodrigues, ex-presidente do Santos, entre outros.

Últimas de Esporte