Após acordo, juiz envia processo sobre contratação de Neymar a julgamento

Magistrado ainda aponta como livres de acusações, o atual presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, seu antecessor, Sandro Rosell, assim como o clube

Por O Dia

O juiz que analisa a contratação de Neymar pelo Barcelona, aceitou nesta terça-feira enviar o processo a julgamento, para que seja ratificado o acordo firmado entre o clube e a promotoria. Em auto emitido, o magistrado torna pública a decisão, ainda sem marcar a data da audiência, que será apenas um simples trâmite para dar validade ao documento assinado há duas semanas.

No texto, o juiz ainda aponta como livres de acusações, o atual presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, seu antecessor, Sandro Rosell, assim como o clube. No acordo firmado com a promotoria e a Advocacia do Estado, a diretoria 'blaugrana' admite ter cometido dois crimes fiscais durante a contratação de Neymar, nos exercícios de 2011 e 2013, e se compromete a pagar multa de 5,5 milhões de euros (R$ 20,1 milhões).

Contratação de Neymar foi bastante controversa Efe


Últimas de Esporte