Futebol, vôlei e Thiago Pereira avançam, mas Brasil vive novo dia sem medalhas

Após ouro de Rafaela Silva na segunda-feira, brasileiros não conseguem nada no judô; já na natação, Thiago Pereira avança a final e alimenta chance de medalha nesta quinta

Por O Dia

Rio - Após a prata de Felipe Wu e o ouro de Rafaela Silva, o Brasil passou a quarta-feira mais uma vez sem novas medalhas, porém, ao menos no futebol masculinos, a Seleção desencantou. Contra a Dinamarca, a equipe de Micale goleou e vai encarar a Colõmbia nas quartas. Quem também garantiu classificação foi a seleção feminina de vôlei que bateu o Japão. Thiago Pereira avançou para a final dos 200m medley, com o terceiro melhor tempo. No judô, Thiago Camilo e Maria Portela não conseguiram avançar e ficaram pelo caminho no sonho pelo pódio. No boxe, Robenilson de Jesus avançou às oitavas de final na categoria 56kg e Michel Borges, entre os meio-pesado (81kg), se garantiu nas quarta de final. No pólo aquático, o Brasil mantém a boa sequência de vitórias e derrotou a Sérvia e segue invicto. No handebol, as meninas perderam a primeira nos Jogos Olímpicos diante da Espanha. No vôlei de praia, bom para Alisson e Bruno Schimdt que se recuperaram e venceram, enquanto Ágatha e Bárbara, que já estão classificadas, acabaram perdendo. Na ginástica, Ségio Sasaki acabou em 9º lugar no individual geral e Arthur Nory ficou em 17º.

FOTOGALERIA: Confira o que aconteceu nesta quarta-feira olímpica

Decepção no judô

A medalha de ouro de Rafaela Silva criou a expectativa por novas conquistas da equipe brasileira na modalidade. Porém, os judocas decepcionaram mais uma vez. Thiago Camilo e Maria Portela foram eliminados ainda nas primeiras fases e ficaram de mãos vazias

Tiago Camilo perdeu sua luta contra o atleta do Azerbaijao%2C Mammadali MehdiyevJULIO CESAR GUIMARAES/UOL/NOPP

Pólo mantém série invicta

Após duas boas vitórias, a equipe masculina de pólo aquático voltou as piscinas nesta quarta-feira e aumentaram a sequência de bons resultados ao bater a Sérvia, uma das favoritas, por 6 a 5. Já classificada, a equipe agora encara a Grêcia na sexta-feira

Seleção brasileira de pólo venceu mais umaAndré Mourão / O DIA / NOPP

Boxe avança e mantém chance de medalha

Robenilson de Jesus e Michel Borges mantiveram a esperança de pódio para o boxe brasileiro. O primeiro, na categoria até 56kg vence o argelino Fahem Hammachi e avançou às oitavas de final. Já o segundo está mais próximo de um pódio após derrotar o croata Hrvoje Sep e passar para as quartas de final, onde enfrenta o cubano Julio Cesar La Cruz.

Robenilson de Jesus derrotou atleta argelino e avançou de faseAndre Durão / Globoesporte.com / NOPP

Meninas do handebol perdem a primeira

Depois de duas vitórias sobre Noruega e Romênia, as meninas do handebol conheceram sua primeira derrota na Olimpíada diante da Espanha por 29 a 24. Na sexta-feira, o Brasil encara a Angola, às 9h30, buscando a classificação à próxima fase.

Seleção feminina acabou derrotadaAndre Durão / Globoesporte.com / NOPP

Um vitória e uma derrota na praia

Já classificadas, Ágatha e Bárbara entraram mais relaxadas para enfrentar as espanholas Elisa e Liliana e acabaram sendo derrotadas por 2 sets a 0. Já Alisson e Bruno Schimdt venceram os italianos Carambula e Ranghieri e avançaram para as oitavas de final.

Dupla brasileira acabou derrotadaDanilo Verpa / Folhapress / NOPP

Sasaki fica em nono e Nory em 17º

Apesar das posições não parecerem promissoras e não terem rendido medalhas, Sérgio Sasaki e Arthur Nory tiveram bom papel na final individual geral da ginástica. O primeiro acabou ficando em 9º, sua melhor posição em Olimpíadas e o segundo terminou em 17º. Destaque para o japonês Kohei Uchimura, agora bicampeão olímpico.

Sérgio Sasaki ficou em nono lugar na final individual geral da ginásticaSeverino Silva / Agência O Dia

Dream Team tem trabalho

Após duas vitórias tranquilas contra China e Venezuela, os Estados Unidos tiveram seu primeiro adversário que conseguiram realmente jogar e dificultar a partida. Em partida equilibrada, o Dream Team precisou de atuação inspirada de Carmelo Anthony, que com 31 pontos tornou-se o maior cestinha da equipe na história dos Jogos, para vencer a Austrália por 98 a 88.

Futebol desencanta

Finalmente saiu o primeiro gol e a primeira vitória do Brasil nos Jogos Olímpicos. E a seleção brasileira não economizou: 4 a 0 para cima da Dinamarca e vaga nas quartas de final. A rival será a Colômbia neste sábado, às 22 horas, em São Paulo.

Gabriel marcou o primeiro gol do Brasil na OlimpíadaLucas Figueiredo / MoWA Press / Divulgação

Volêi se classifica

A seleção feminina de vôlei manteve sua doce rotina na Olimpíada. Contra o Japão, a equipe de José Roberto Guimarães venceu mais uma, desta vez contra o Japão por 3 sets a 0 e confirmou a classificação para as quartas de final da Olimpíada.

Brasil derrotou o JapãoAlexandre Cassiano / O Globo / NOPP

Thiago Pereira estreia e avança nos 200m medley

Somente Thiago Pereira teve motivos para sorrir na natação brasileira. Ele se classificou para a final dos 200m medley e vai concorrer contra Michael Phelps. O brasileiro fez o terceiro tempo. Na mesma prova, Henrique Rodrigues não avançou por pouco, ele fez o nono tempo. 

Além dos 200m medley, o Brasil teve representantes em outras semifinais nesta noite. Léo de Deus fez apenas o 13º tempo nos 200m costas e acabou eliminada. Etiene Medeiros fez o 16º tempo no 100m livre feminino e também ficou fora da decisão.

Últimas de Esporte