CBF revisa calendário e finais da Copa do Brasil terão intervalo de 35 dias

Com mudança do formato de disputa da Libertadores em 2017, entidade teve que fazer grandes alterações no calendário do futebol brasileiro

Por O Dia

Rio - A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) revelou nesta segunda-feira o novo calendário para a temporada de 2017 no Brasil. As novidades são necessárias devido ao novo formato da Copa Libertadores, que agora vai durar de 1.º de fevereiro até 29 de novembro. A principal mudança está na Copa do Brasil, que começará em 8 de fevereiro e terminará em 12 de outubro.

O problema será o conflito de datas com as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Tanto o primeiro jogo das finais da competição (marcada para o dia 7 de setembro), quanto o segundo, no feriado de Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro), acontecem dois dias depois de datas Fifa, onde as seleções jogarão por uma vaga no Mundial.

Nos Estaduais, marcados para serem disputados entre os dias 29 de janeiro e 7 de maio, também terão datas conflitantes com os jogos das seleções dos dias 23 e 28 de março. O Brasileirão, que terá a sua primeira rodada no dia 14 de maio e terminará no dia 3 de dezembro, terá apenas duas paradas em datas Fifa: uma em setembro e outra em outubro. Em amistosos que acontecerão em junho e novembro e durante a Copa das Confederações (que será disputada na Rússia entre 17 de junho e 2 de julho sem a participação da seleção brasileira), nada de pausa. A Série B começa um dia antes e termina uma semana antes da Série A.

Entretanto ainda é possível que aconteçam mudanças, já que as datas das competições internacionais da Conmebol ainda não foram definidas oficialmente. "Para atender aos prazos estabelecidos no Estatuto de Defesa do Torcedor, o anúncio está sendo feito antes mesmo da publicação oficial do calendário 2017 da Conmebol Em decorrência disso, qualquer ajuste que se fizer necessário futuramente, quando houver a publicação oficial por parte da entidade continental, será devidamente comunicado", escreveu a CBF em seu site oficial.

A Copa Libertadores, na próxima temporada, terá mais clubes e começará mais cedo, com até sete representantes do Brasil (seis do Brasileirão e um da Copa do Brasil), além da Chapecoense, que pode vencer a Copa sul-americana - que em 2017 começa no dia 5 de abril e deve ter sua decisão no dia 13 de dezembro, no meio das datas reservadas para o Mundial de Clubes da Fifa.

Últimas de Esporte