Clippers bate Nets e amplia melhor início da história da franquia na NBA

O time californiano não teve qualquer dificuldade para triunfar por 127 a 95, chegando à décima vitória em 11 jogos neste começo de campeonato

Por O Dia

Los Angeles - O Los Angeles Clippers chegou à sétima vitória consecutiva e ampliou o melhor início de temporada da história da franquia na noite de segunda-feira. Em casa, o time californiano recebeu o Brooklyn Nets e não teve qualquer dificuldade para triunfar por 127 a 95, chegando à décima vitória em 11 jogos neste começo de campeonato.

Se as atenções estavam todas voltadas para o Golden State Warriors antes do início da temporada, é justamente o Clippers que tem surpreendido e lidera a Conferência Oeste com a melhor campanha da NBA. O Brooklyn Nets, por sua vez, chegou à sexta derrota e é somente o 11.º do Leste.

O triunfo do Clippers na segunda-feira foi encaminhado já no primeiro quarto, vencido por incríveis 39 a 14. A partir daí, foi só administrar o resultado e dar um descanso para os titulares na reta final.

Chris Paul terminou como cestinha da partida com 21 pontos, além de nove assistências e cinco roubos. Blake Griffin contribuiu com 20 pontos, enquanto J.J. Redick marcou 18 e Jamal Crawford, 17. Pelo Nets, destaque para os 18 pontos de Bojan Bogdanovic e os 14 de Sean Kilpatrick.

Quem parece ter se encontrado é o San Antonio Spurs, que venceu sua terceira partida seguida ao passar pelo Miami Heat por 94 a 90, em casa. Foi a oitava vitória dos texanos em 11 partidas, retrospecto que os deixa na terceira colocação da Conferência Oeste. Já o Heat perdeu pela sétima vez e é somente o 13.º do Leste.

Como o Clippers, o Spurs encaminhou a vitória no primeiro tempo, que venceu por 55 a 40. No segundo, no entanto, sofreu com a defesa física do Heat, acertou somente 26% dos arremessos de quadra, mas soube segurar o triunfo também impondo uma defesa forte, contando com o frágil ataque adversário.

Kawhi Leonard mais uma vez se destacou pelo Spurs com 24 pontos, além de 12 rebotes. Os 18 pontos de LaMarcus Aldridge também foram fundamentais. O cestinha, no entanto, saiu do lado do Heat: Dion Waiters, com 27 pontos. Hassan Whiteside ainda contribuiu com 23, além de 17 rebotes.

Ainda no Texas, o Houston Rockets chegou à sexta vitória, na quinta colocação do Oeste, ao atropelar o pior time da NBA, o Philadelphia 76ers, por 115 a 88. Foi a nona derrota em dez partidas para o 76ers, lanterna do Leste. James Harden foi o cestinha da partida, com 33 pontos, enquanto o brasileiro Nenê contribuiu com 13 nos 16 minutos em que ficou em quadra.

Já o Oklahoma City Thunder, que chegou a liderar o Oeste, está em queda livre. Na segunda, perdeu pela quarta vez seguida e já é o sétimo da conferência. Melhor para o Detroit Pistons, que venceu por 104 a 88, em casa, e chegou à sétima posição do Leste, com seis triunfos. Mesmo com a derrota, Russell Westbrook foi novamente o destaque em quadra, com 33 pontos, 15 rebotes e oito assistências.

Em Salt Lake City, o Utah Jazz recebeu o Memphis Grizzlies e perdeu por 102 a 96. Foi a quinta derrota do Jazz, sexto do Oeste, que viu Raulzinho atuar por dois minutos e pegar um rebote. Já o Grizzlies venceu pela quinta vez em dez partidas e é o nono da mesma conferência.

Confira os resultados de segunda-feira na NBA:

Indiana Pacers 88 x 69 Orlando Magic
New York Knicks 93 x 77 Dallas Mavericks
Detroit Pistons 104 x 88 Oklahoma City Thunder
New Orleans Pelicans 106 x 105 Boston Celtics
Houston Rockets 115 x 88 Philadelphia 76ers
San Antonio Spurs 94 x 90 Miami Heat
Utah Jazz 96 x 102 Memphis Grizzlies
Los Angeles Clippers 127 x 95 Brooklyn Nets

Acompanhe as partidas da NBA nesta terça-feira:

Cleveland Cavaliers x Toronto Raptors
Miami Heat x Atlanta Hawks
Minnesota Timberwolves x Charlotte Hornets
Portland Trail Blazers x Chicago Bulls
Los Angeles Lakers x Brooklyn Nets

Últimas de Esporte