Jair Ventura diz não pensar em outros clubes e vê Verdão com mão na taça

Técnico do Botafogo também falou sobre a situação de momento do goleiro Jefferson, que ainda se recupera de lesão: 'Não me passaram nada'

Por O Dia

Rio - Neste domingo, o Botafogo vai a São Paulo para enfrentar o Palmeiras e pode acabar ajudando um dos seus maiores rivais na briga pelo título brasileiro. Caso vença, o Alvinegro pode adiar o título palmeirense por pelo menos mais uma rodada, favorecendo o Flamengo que ainda sonha com o heptacampeonato.

No entanto, o treinador Jair Ventura rejeitou qualquer pensamento em relação ao rival rubro-negro e afirmou que só pensa no seu próprio clube e na vitória para interromper a sequência negativa de três partidas sem resultados positivos na competição.

Jair Ventura quer vencer o Palmeiras%2C mas acredita em título dos paulistasVitor Silva / SS Press / Botafogo

"Vitória é sempre bom. Sempre é ruim perder. Não tem momento bom para perder. Eu gosto de ganhar sempre. É um jogo que pode valer o título, mas também temos nosso objetivo que é levar o Botafogo o mais alto o possível na tabela. Vamos jogar para vencer. Sou bem sincero. Juro que não penso (nos outros clubes). Eu estava montando a lista de viagem. Não posso me preocupar com os outros. Imagina eu ficar estudando a tabela. Muitos treinadores são assim. Eu penso no nosso, em fazer o nosso melhor", afirmou Jair.

O técnico do Botafogo também falou sobre a situação de alguns jogadores do clube e lamentou os desfalques para a próxima rodada. Sobre Jefferson, que há meses está afastado, Jair Ventura não conseguiu explicar qual o real estado clínico do atleta.

"O departamento médico ainda não passou nada sobre a situação do Jefferson. Ainda não tenho uma posição oficial para passar. [Os desfalques] significam bastante. O Airton e, Victor Luis, tem a situação do Bruno Silva, que está como uma virose. Temos que nos reinventar".

Jair também mostrou felicidade por reencontrar o técnico Cuca, com quem fez uma espécie de 'estágio' em 2008, fato relembrado na coletiva. Além disso, mostrou acreditar que o campeão brasileiro de 2016 já está quase definido.

"Lembro quando cheguei aqui para fazer estágio, em 2008, com vergonha, todo mundo olhando. Agora vou encontrar o primeiro treinador que encontrei aqui. Fico muito feliz de encontrar um amigo, que me ajudou bastante. Agora está cada um para seu lado, cada um pensando no seu. Desejo boa sorte para ele. Acho que o Palmeiras será campeão. É um time bastante competitivo. Acho que será campeão", cravou o treinador alvinegro.

O Botafogo ocupa a 5ª colocação no Brasileiro, com 55 pontos, e ainda não está matematicamente garantido na Libertadores, mas vai se aproximando da vaga a cada rodada. Há três jogos sem ganhar, busca retomar o caminho das vitórias para voltar à competição continental. 

Últimas de Esporte