Por clarissa.sardenberg

Rio - O vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Delfim Peixoto, estava no voo que transportava a delegação da Chapecoense para Medelín, onde seria disputada a final da Copa Sul-Americana. As informações foram confirmadas pela assessoria pessoal de Peixoto, que representava a Região Sul na vice-presidência da confederação e também presidia a Federação Catarinense de Futebol.

Delfim Peixoto presidia a Federação Catarinense de FutebolDivulgação

O nome de Delfim Peixoto também aparece na lista de passageiros divulgada pela Aeronáutica Civil (Aerocivil) da Colômbia após o acidente. O vice-presidente era um dos convidados da Chapecoense para acompanhar sua primeira final internacional.

"Neste momento de imensa dor e tristeza, manifesto meu sentimento de solidariedade a todas as pessoas atingidas pelo acidente ocorrido com a delegação da Associação Chapecoense de Futebol, em especial às famílias das vítimas", afirmou o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, em nota.

"Estamos vivendo uma das mais trágicas páginas da história do esporte brasileiro e lamento, profundamente, a perda de jogadores, comissão técnica, profissionais da imprensa, dirigentes e tripulação. A Confederação Brasileira de Futebol está tomando todas as providências no sentido de prestar seu apoio aos sobreviventes, às famílias, ao clube, à comunidade de Chapecó e aos desportistas brasileiros em geral. Que todos tenhamos muita força e muita luz para ultrapassar este momento", finaliza a nota.

 

Você pode gostar