Segundo médico, zagueiro e jornalista apresentaram melhora nas últimas 12 horas

Neto deve passar por mais uma cirurgia e já dá sinais que vai abrir os olhos

Por O Dia

Medellín - Diretamente do hospital San Juan de Dios, em Medellín, o médico Juan Antonio Rodríguez, que acompanha os brasileiros sobreviventes da tragédia aérea que envolveu a equipe da Chapecoense, revelou que o zagueiro Neto e o jornalista Rafael Henzel apresentaram melhora nas últimas 12 horas.

Neto foi a última vítima encontrada em buscas na ColômbiaDivulgação

"Tendência de recuperação importante nas últimas 12 horas. A circulação vem respondendo bem. Vamos esperar mais 48 horas para a verificar a recuperação", disse o médico em entrevista à Rede Globo.

Ainda de acordo com o médico, Neto deverá passar por mais uma intervenção cirúrgica e já apresenta sinais de que irá abrir os olhos. O zagueiro foi a última vítima resgatada com vida após o desastre aéreo que aconteceu na última terça-feira.

Os outros sobreviventes ao desastre também se encontram hospitalizados: o lateral esquerdo Alan Ruschel, o goleiro Follmann passou por cirurgias e teve a perna direita amputada mas como seu estado de saúde é considerado o mais grave, ele ainda está sujeito a realizar o mesmo procedimento na esquerda e os outros dois tripulantes da aeronave.

LEIA MAIS: Tripulantes sobreviventes falam sobre o momento da queda do avião da Chapecoense

"O Alan é o que está em melhores condições. Todos estão em UTI. O caso mais grave é do Follmann. O ponto alto é a equipe médica, muito dedicada, comprometida. A cada minuto aumenta a nossa esperança de que eles voltarão a ter uma vida normal. Estão todos na UTI, sedados, mas o Alan é quem está em melhores condições. Trouxemos 3 médicos de Chapecó para que eles possam passar notícias em português e fazerem laudos em português para que todos tenham a melhor informação do caso", disse o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, ao Fox Sports. 

Com informações do Estadão Conteúdo.

Últimas de Esporte