Por pedro.logato
Rio - A chuva que caiu em Chapecó durante todo o sábado no velório coletivo na Arena Condá chegou a Campos dos Goytacazes (RJ), terra do centroavante e artilheiro do Chapecoense Bruno Rangel. Após um sábado ensolarado na cidade, um domingo nublado marcou a despedida dos fãs ao jogador do time catarinense.
Bruno Rangel foi o maior artilheiro da história da ChapeEfe

O corpo chegou por volta das 7h30 na cidade e foi encaminhado à Câmara de Vereadores, de onde partiu no carro do Corpo de Bombeiros em cortejo acompanhado por amigos e familiares. Foram visitados o bairro onde Bruno cresceu e a igreja que costumava frequentar, além dos dois clubes da cidade pelos quais jogou. A previsão é de que o enterro aconteça por volta das 17h no cemitério do Campo da Paz. Até o momento, a esposa e os filhos do jogador não chegaram ao local.

O bairro Parque Prazeres, onde Bruno foi criado, se vestiu de dor e saudade. Pelas calçadas, milhares de pessoas esperaram com faixas e bandeiras. Torcedores com camisas de vários times também manifestaram carinho à família do jogador.

Muitos moradores da cidade foram até os campos de futebol onde o jogador começou a carreira. No estádio do Ary de Oliveira, do Goytacaz Futebol Clube, a bandeira estava a meio mastro durante a passagem. Já o Americano emprestou seus dois ônibus para quem quisesse participar do cortejo. A igreja Batista do bairro também preparou homenagens.
Publicidade