Por pedro.logato
Colômbia - O domingo foi mais um dia positivo de recuperação para os quatro brasileiros sobreviventes do avião da LaMia que levava a delegação da Chapecoense para a final da Sul-Americana e caiu na Bolívia. O jornalista Rafael Henzel foi retirado do aparelho respiratório, que no momento só auxilia Neto. O defensor é o que inspira mais cuidados. 
Rafael Henzel teve dia de evolução clínicaReprodução Facebook

"Teve uma melhora muito boa em seu quadro que é crítico. Está bem. Conseguimos evoluir. Deixamos ele sem dor. Um dos grandes problemas é a ventilação com dor, que vai fazendo o pulmão ficar fechado e pode causar infecção. Está conversando, consciente, conversando. Tem uma pneumonia, infecção, está com antibiótico. Exames laboratoriais dele estão bons", disse o comunicado oficial sobre o jornalista.

Alan Rushel prometeu churrasco para os médicosDivulgação

O lateral-esquerdo Alan Ruschel foi informado do acidente. O jogador tem apresentado uma melhora grande. Segundo o ortopedista Marcos André Sonagli, o lateral disse que estava com vontade de comer carne e se ofereceu para fazer um churrasco aos médicos. Ele também afirmou que quer ver o goleiro Jackson Follmann tocando viola, um dos hobbies dele. 

Follmann continua evoluindo clinicamenteDivulgação

"Não está com cobertura de antibiótico. Bem tranquilo. As lesões musculares têm melhorado bem. A parte da coluna não teve alterações. Está bem", informou o médico.

O goleiro Jackson tem uma fratura na segunda vértebra e deve ter que fazer cirurgia. O arqueiro poderá ser operado no Brasil.  O corpo médico, na voz de Edson Stakonski, doutor enviado pela Chapecoense à Colômbia afirmou que a intenção é transferir os jogadores assim que houver possibilidade.

Quadro de Neto inspira mais cuidadosDivulgação

"Tem toda uma equipe já pensando nisso. Temos uma estrutura técnica boa do Brasil. Estamos focados em voltar. Sabemos que vai ter a remoção, que eles vão voltar para o Brasil, sim. Mas tem uma outra equipe trabalhando nisso, para preparar tudo", disse.

Caso mais grave, o zagueiro Neto está em ventilação mecânica e sedado. É o paciente que prevê mais cuidado. A princípio,O defensor respondeu muito bem porque estava muito forte, mas consumiu muita energia. A equipe espera uma evolução maior para fazer nova análise, para o pulmão responder melhor aos poucos.

"Neto sedado, sob ventilação mecânica e estamos tentando controlar um processo infeccioso pulmonar. Ele foi quem mais esteve no local do acidente e fisiologicamente foi o mais machucado no acidente. Esperamos que a evolução seja favorável, mas é muito delicada", disse o médico Ferney Rodriguez.


Publicidade