Comissária sobrevivente diz que em breve estará de volta a seu país de origem

Ximena Suàrez e Erwin Tumiri foram os únicos tripulantes que conseguiram se salvar com a queda do avião que levava a Chape à Medellín

Por O Dia

Colômbia - Umas das seis sobreviventes do voo que levava a delegação da Chapecoense a Medellín, no último dia 29, para disputar o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, a comissária do voo da LaMia Ximena Suárez escreveu de próprio punho uma carta ao jornal boliviano El Deber onde afirma que segue se recuperando bem e que pretende voltar à Bolívia, seu país de origem.

Ximena Suárez Otterburg foi a comissária da Lamia que sobreviveu ao desastre aéreoReprodução Facebook

"Quero dizer que me encontro na clínica Somer (em Medellín), que estou em ótimas condições de saúde, esperando terminar a minha recuperação. Em breve estarei no meu país. Benção a todos", escreveu a jovem sobrevivente.

A jovem boliviana segue internada, pois sofreu fraturas e machucados nas pernas, braços e pescoço. A mãe de Ximena, Sara Otterburg está acompanhando sua recuperação.

LEIA MAIS: Médicos revelam melhora de Neto e plano para transferir Ruschel para o Brasil

LEIA MAIS: Alan Ruschel melhora e deixa a UTI de hospital na Colômbia


Últimas de Esporte