Fifa reconhece reforma na Conmebol e libera verbas que estavam retidas

Confederação sul-americana passou por escândalos de corrupção

Por O Dia

Paraguai - A Confederação Sul-Americana de Futebol, a Conmebol, anunciou nesta sexta-feira ter recebido uma comunicação da Fifa em que a entidade máxima do futebol elogia as reformas praticadas nos últimos meses e finalmente libera as verbas que estavam retidas na Suíça.

A Fifa havia anunciado o bloqueio dos fundos de financiamento para a Conmebol como consequência dos processos judiciais derivados do escândalo de corrupção que sacudiram o futebol mundial e, especificamente o sul-americano, no primeiro semestre do ano passado.

Com a maior parte dos seus principais dirigentes nas últimas décadas presos ou indiciados, a Conmebol precisou passar por ampla reforma, agora sob o comando de Alejandro Domínguez, paraguaio eleito presidente em janeiro deste ano.

De acordo com a Conmebol, a Fifa reconheceu "os esforços da administração da Conmebol para introduzir mudanças positivas que contribuíram com a melhora da governança e do controle das operações e da instituição, como também com o fomento de uma cultura de transparência nas contas".

"A decisão tomada pela Fifa, por meio do seu comitê de auditoria, é um importante reconhecimento dos grandes avanços de nossa cruzada para colocar a casa em ordem em um curto espaço de tempo", comemorou Domínguez. A Conmebol não detalhou qual o montante liberado pela Fifa, porém.

Últimas de Esporte