Oswaldo ignora pressão e garante permanência no Corinthians para 2017

Após última rodada do Brasileirão o técnico vai para o Rio e viajará com a família a partir do dia 16

Por O Dia

São Paulo - Pressionado e alvo de críticas dos torcedores, o técnico Oswaldo de Oliveira demonstra tranquilidade e não parece ter nenhuma preocupação quanto ao seu futuro. O comandante corintiano assegurou que descarta a possibilidade de deixar o clube ao final da temporada e que, inclusive, já conversa com a diretoria sobre a contratação de reforços.

O técnico Oswaldo de Oliveira demonstra tranquilidade e não parece ter nenhuma preocupação quanto ao seu futuroDaniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

"Acho que meu futuro no Corinthians está determinado, tenho contrato até dezembro do ano que vem e darei continuidade ao meu trabalho", disse o convicto treinador.

Após o jogo com o Cruzeiro, domingo, às 17h, no Mineirão, o elenco do Corinthians entra de férias e só retorna aos treinos no dia 7 de janeiro. Oswaldo vai para o Rio e viajará com a família a partir do dia 16. Até lá, espera colaborar mais na busca por reforços.

"Vai ser como tem sido. Ficarei mais uma semana trabalhando e depois vou dar continuidade em contatos (telefônicos) com Flávio Adauto, Roberto de Andrade e Alessandro para desenvolvermos aquilo que temos que desenvolver", explicou.

Nesta sexta-feira, Oswaldo comandou mais um coletivo e repetiu a formação dos últimos treinos com Walter; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Cristian; Romero, Camacho, Rodriguinho e Marlone; Guilherme como titulares.

O Corinthians é o sétimo colocado do Campeonato Brasileiro, com 55 pontos, um a menos que Botafogo e Atlético-PR. Para conquistar a vaga para a Libertadores, o time paulista precisa vencer e torcer por tropeços do Botafogo e do Atlético-PR, que enfrentam, respectivamente, Grêmio e Flamengo.

Reportagem de Daniel Batista.

Últimas de Esporte