Por sarah.borborema
Rio - Um dos sonhos de todo torcedor rubro-negro é ver Adriano Imperador de volta aos gramados. Este também é um desejo de Léo Moura, amigo pessoal do jogador. O atacante deixou o Corinthians em 2012, após este período fez quatro jogos pelo Atlético-PR (2014) e dois pelo Miami United (2016). Em entrevista ao 'Esporte Interativo', o ex-companheiro de Flamengo reforçou a confiança no talento de Adriano.
Adriano deixou o Flamengo em 2010Reprodução Facebook

"Ele está vivendo da forma que escolheu, ele é feliz da forma que é. É um desperdício, na minha opinião. Poderia estar jogando em clube grande. Defensor passava mal quando ele jogava. É um cara diferenciado. E além de tudo é excepcional", disse Léo Moura, que acredita no retorno do amigo ao futebol: "Eu acredito (que ele volte a jogar). Eu sinto que ele sente falta, mas precisa da força de vontade dentro dele para voltar a jogar".

O lateral-direito contou que a personalidade do amigo foi prejudicial na caminhada profissional. Para Léo Moura, o futebol brasileiro ainda sente a falta de um jogador com as características de Adriano.
Publicidade
"Por ele ser um coração tão aberto, faz um pouco de mal para ele mesmo. Ele quer ajudar todo mundo e às vezes algumas pessoas se aproveitam. Ele tinha que estar jogando até hoje porque é um cara que faz muita falta no futebol brasileiro, não tem 9 igual a ele", concluiu.