Arrependido? Léo Moura diz que se precipitou ao deixar o Flamengo

Lateral-direito é o novo reforço do Grêmio para esta temporada

Por O Dia

Rio - O lateral-direito Léo Moura agora veste a camisa do Grêmio. Em entrevista ao 'Seleção Sportv', nesta quarta-feira, o jogador falou sobre os planos para a temporada mas também voltou a assuntos do passado. Um deles foi o fim da relação com o Flamengo, que durou dez anos, mas não terminou na melhor maneira. O atleta analisou que sua despedida da Gávea aconteceu de forma precipitada.

Léo Moura deixou o Flamengo em 2015André Mourão / Agência O DIA

"Eu costumo falar para pessoas próximas que eu me precipitei um pouco em ter saído do Flamengo. Acho que eu não suportava mais algumas coisas que estavam acontecendo, que eu não preciso citar. Acho que, se eu tivesse esperando um pouco, eu não teria ido para os Estados Unidos e para a Índia. Mas já que aconteceu, foi uma experiência de vida. Aquilo serviu para que eu pudesse ver algumas coisas", disse Léo Moura.

O jogador chegou ao Rubro-Negro em 2005 e se despediu em 2015. Além de conquistas estaduais, o lateral-direito garantiu dois títulos da Copa do Brasil (2006 e 2013) e um Campeonato Brasileiro (2009).