Polícia afirma que Cabo foi encontrado em motel e não foi vítima de crime

Permanência do treinador no Atlético-GO será discutida pela diretoria

Por O Dia

Goiás - Desaparecido por 40 horas, o técnico do Atlético-GO, Marcelo Cabo, não foi vítima de nenhum crime. Segundo a Polícia Militar do Estado de Goiás, o treinador foi encontrado em um motel da cidade. A informação foi divulgada em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira.

"Localizamos o técnico Marcelo Cabo próximo à estrada. Ele foi encontrado com a ajuda dos policiais de Aparecida e de Goiânia. Ele foi entregue à diretoria e passa bem. Posteriormente, a diretoria e o próprio técnico vão prestar declarações sobre o sumiço. A Polícia fez a parte dela. Importante esclarecermos isso. Nenhum dissabor e nenhum mal ocorreu a ele. Não teve cometimento de crime nenhum. Ele não foi vítima de nenhum crime", disse o tenente coronel Ricardo Rocha.

Cabo não foi vítima de nenhum crimeDivulgação

A permanência do treinador no comando do Atlético-GO passa a ser uma incógnica. Em entrevista á Rádio 730 AM, o diretor de futebol do clube, Adson Batista afirmou que irá conversar com o técnico.

"Vamos esperar eu falar com ele. Evidente que algum erro teve. Não sabíamos onde ele estava. Mas vamos ouvir o que ele tem para dizer. É uma situação que a gente tem que avaliar com muita calma, ouvir todas as pessoas do clube, é importante estar tranquilo. Acima de tudo está o Atlético-GO. Vamos aguardar os novos acontecimentos, graças a Deus o pior não aconteceu, e vamos procurar resolver tudo da melhor maneira possível", disse.

Atual campeão da Série B do Campeonato Brasileiro, Marcelo Cabo desapareceu às 3h02 de domingo até às 15h48 desta segunda-feira, quando retornou ao apartamento onde mora, em Goiânia. Pouco antes das 16 horas desta segunda-feira, ele retornou ao apartamento onde mora, em Goiânia, antes de "sumir" novamente. A polícia confirmou a sua nova localização pouco antes das 21 horas desta segunda-feira.

Marcelo Cabo foi contratado pelo Atlético-GO em maio do ano passado. O técnico foi o responsável pela campanha surpreendente do clube goiano na Série B do Campeonato Brasileiro, em que o time rubro-negro garantiu o título e o acesso à elite do Brasileiro com 76 pontos em 38 jogos.

Últimas de Esporte