Atleta de Carlos Alberto Silva no Guarani, Tite lamenta morte do treinador

Revelado no Caxias-RS, Tite passou pelo clube campineiro exatamente quando o time era treinado por Silva

Por O Dia

São Paulo - Técnico da seleção brasileira, Tite lamentou nesta sexta-feira a morte de Carlos Alberto Silva, aos 77 anos, que comandou o Brasil na conquista da medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1988, em Seul. O treinador lembrou que, nos seus tempos de jogador, atuou sob o comando de Carlos Alberto Silva.

Tite foi atleta de Carlos Alberto SilvaPedro Martins / MoWA Press / Divulgação

"Em um momento triste como esse, primeiro deixo minha solidariedade à família deste homem, pelo qual tenho profundo respeito e admiração pela trajetória construída. Em minha história como atleta, no Guarani, e também como técnico, tive o prazer do convívio com um grande ser humano e de poder aprender muito com seus ensinamentos. Ficam a saudade, a admiração e o sincero desejo de luz, fé e força para a família", disse Tite.

Revelado no Caxias-RS, Tite passou pelo Guarani exatamente quando o time era treinado por Carlos Alberto Silva. Juntos com craques como Zenon e Careca, eles levaram o time de Campinas (SP) ao título do Campeonato Brasileiro de 1978, naquela que é até hoje a maior conquista da história de um clube do interior paulista.

Carlos Alberto Silva faleceu nesta sexta-feiraDivulgação

O treinador mineiro dirigiu alguns dos principais clubes do futebol brasileiro. Carlos Alberto Silva passou por São Paulo, onde foi campeão paulista duas vezes, Atlético Mineiro, onde venceu o Campeonato Mineiro em uma oportunidade, Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras e Santos, entre outros.

O último trabalho de Carlos Alberto Silva como treinador foi em 2004, pelo América-MG. No ano seguinte, ele atuou no Atlético Mineiro como diretor de futebol. Já em 2014, fez parte, como um dos vice-presidentes, da chapa que venceu a eleição presidencial do mineiro Villa Nova.

Além disso, Carlos Alberto Silva também trabalhou em clubes de fora do País. E seu maior êxito foi no Porto, onde venceu duas vezes o Campeonato Português, em 1992 e 1993 - ele também foi campeão nacional no Japão, pelo Yomiuri Kawasaki, em 1991.

Últimas de Esporte