Polêmico, Felipe Melo dispara: 'Acho que seria traição jogar no Vasco'

Rubro-negro declarado, meia também revelou que já foi ao estádio torcer para o Corinthians contra o Cruzmaltino na Libertadores de 2011

Por O Dia

Rio - Polêmica é uma palavra que está presente na vida de Felipe Melo. O atleta é conhecido por dizer tudo o que pensa e desta vez o meia falou sobre o clube que jamais defenderia em sua carreira: o Vasco da Gama.

Felipe Melo disse que jamais atuaria pelo VascoDivulgação Palmeiras

Antes de fechar com o Palmeiras, o jogador deu entrevista ao canal Fox Sports e disse que, por ser um rubro-negro declarado, não via a mínina chance de atuar pelo maior rival do Rubro-negro: 'Acho que seria traição jogar no Vasco. Sou flamenguista, acho que seria traição. Por respeito ao vascaíno e ao Vasco, que é um clube imenso. Porque as pessoas me xingam ‘ah, o Vasco não te quer’. Eu sei. Eu também não quero o Vasco. Mas eu honro a camisa que eu visto. É um clube que jamais eu honraria porque desde pequeno tem essa rivalidade gostosa', afirmou.

Felipe Melo também revelou que já foi ao estádio torcer contra o Vasco na Libertadores de 2011 e vibrou quando o goleiro Cássio defendeu um chute de Diego Souza cara a cara: “Levantei e comemorei como um gol. Tinha um corintiano na frente e começou a me xingar. Aí eu gritei que estava torcendo pro Corinthians, que era flamenguista e torcia contra o Vasco, que eles não podiam ser campeões', finalizou.

Últimas de Esporte