Murilo Henrique comemora gol sobre o Botafogo e pede atenção com o Boavista

Zagueiro marcou o gol de empate do Nova Iguaçu no jogo de sábado no Estádio Nilton Santos

Por O Dia

Rio - Depois de uma classificação suada na fase preliminar, o Nova Iguaçu estreou na fase de grupos do Campeonato Carioca com um importante empate em 1 a 1 com o Botafogo, sábado, no Estádio Nilton Santos. A Laranja da Baixada fez um ótimo segundo tempo e pressionou os donos da casa, chegando à igualdade com o zagueiro Murilo Henrique, de cabeça.

'Será um jogo bastante difícil (contra o Boa Vista), temos que ir bem concentrados e buscar os pontos lá', diz Murilo HenriqueBernardo Gleizer/NIFC/Divulgação

Murilo chegou ao Nova Iguaçu para o Campeonato Carioca, após disputar a Série C do Campeonato Brasileiro pelo Mogi Mirim. Por conta da alta estatura (1,90m), tem nas bolas aéreas seu ponto forte tanto na parte defensiva quanto na parte ofensiva. Na fase seletiva, ele já tinha feito um, mas em cobrança de falta, no jogo diante do Bonsucesso.

"Acho que é meu nono gol de cabeça na carreira, tenho que aproveitar a minha estatura e graças a Deus os gols estão saindo. Ali na hora passam um monte de coisas. Lembro da família, do que passei para estar aqui... São tantas coisas que passam na nossa cabeça, na hora é uma euforia que é até difícil de explicar. Faltam palavras", comemorou o zagueiro.

Mas não há muito tempo para festejar. Depois do domingo de folga, o primeiro desde que a fase preliminar começou, no dia 11 de janeiro, os jogadores do Nova Iguaçu se reapresentaram nesta segunda-feira para dar início à preparação para o jogo de quarta, contra o Boavista, às 16h30, no Estádio Eucyr Resende de Mendonça, em Bacaxá, na Região dos Lagos.

"O empate foi um bom resultado, nós comemoramos, mas agora temos um jogo difícil pela frente e temos de pensar no Boavista. É uma grande equipe, com jogadores rodados, de nome no futebol brasileiro, e eles vêm de uma derrota na estreia. Será um jogo bastante difícil, temos que ir bem concentrados e buscar os pontos lá", pediu Murilo Henrique.

Últimas de Esporte