Márcio admite fim de ‘peso nas costas’ após primeira vitória no Cariocão

Goleiro do Bangu também destacou mudança de postura e tempo de preparação para a disputa da Taça Rio

Por O Dia

A vitória contra o Resende, no último sábado, trouxe um alívio para o Bangu. Após quatro jogos sem triunfos, o Alvirrubro mostrou superação e derrotou o Alvinegro do Sul Fluminense na base da raça, em Conselheiro Galvão, por 1 a 0, terminando a Taça Guanabara na quarta colocação com cinco pontos. Destaque no jogo, o goleiro Márcio exaltou a determinação da equipe.

O goleiro Márcio diz que o período da Taça Guanabara e da Taça Rio será fundamental para a preparação do time JOÃO CARLOS GOMES/BANGU

"Em determinados jogos, tivemos a falta de sorte. Contra o Resende, soubemos nos comportar nos momentos difíceis e sabíamos que a vitória seria fundamental. A equipe mostrou raça e dedicação, acreditando a todo momento que conseguiriam chegar ao gol", falou o goleiro.

Márcio destacou o período entre as finais da Taça Guanabara para uma melhor preparação rumo ao segundo turno. Segundo ele, o tempo sem jogos oficiais será fundamental para absorver ainda mais a filosofia de trabalho do técnico Arturzinho.

"Sabíamos que precisávamos mudar de postura para tirar um peso nas costas, que era passar quatro jogos sem vencer. Com a parada até o início da Taça Rio, a gente vai poder assimilar melhor o trabalho do Arturzinho. Estamos mais tranquilos e animados para iniciar o returno de uma forma mais competitiva, sabendo que precisamos lidar de uma maneira diferente nos seis jogos restantes na fase de grupos", completou o camisa 1.

Na Taça Rio, o Bangu estreará diante do Nova Iguaçu, fora de casa, no dia 11 ou 12 de março. O local ainda não foi definido.

Últimas de Esporte