Série C terá limite de 35 jogadores por elenco, sendo cinco jovens

Cada clube fará 18 partidas até que os quatro primeiros avancem às quartas de final e os dois últimos de cada grupo sejam rebaixados

Por O Dia

Rio - Assim como ocorre em boa parte dos principais campeonatos estaduais desde o ano passado, a Série C do Campeonato Brasileiro também terá um limite de atletas inscritos por clube. O Conselho Técnico da competição, realizado na sede da CBF, definiu um teto de até 35 jogadores.

É um número menor do que o aprovado para a Série B do Campeonato Brasileiro na última terça-feira: 40 jogadores. Além disso, na terceira divisão há uma particularidade. Cinco desses 35 atletas precisam ter menos de 23 anos. Mudanças na lista de inscritos, depois de 15 de julho, só para goleiros, e desde que eles estejam previamente registrados no clube.

"É uma iniciativa importante que vai ao encontro com o que é o DNA do futebol brasileiro, que é a formação de novos jogadores. O número mais reduzido de inscrições também protege os clubes, os leva a se planejarem melhor, contratarem com mais critérios e evitarem labirintos financeiros", comentou destacou Manoel Flores, diretor de Competições da CBF.

Participam da Série C de 2017 as seguintes equipes: ASA, Botafogo-PB, Botafogo-SP, Bragantino, Confiança-SE, CSA, Cuiabá, Fortaleza, Joinville, Macaé, Mogi Mirim, Moto Clube, Remo, Salgueiro, Sampaio Corrêa, São Bento, Tombense, Tupi, Volta Redonda e Ypiranga-RS.

Na primeira fase, os times são divididos em dois grupos, regionalmente. A competição começa no dia 13 de maio, sábado, com esta primeira fase terminando em 10 de setembro. Cada clube fará 18 partidas até que os quatro primeiros avancem às quartas de final e os dois últimos de cada grupo sejam rebaixados.

A primeira rodada da competição terá confrontos estaduais, como Bragantino x Botafogo-SP, Volta Redonda x Macaé, Mogi Mirim x São Bento, Tombense x Tupi, CSA x ASA e Moto Club x Sampaio Corrêa.

Últimas de Esporte