Neymar marca e Barça afasta as críticas com goleada por 6 a 1 sobre o Gijón

Equipe da Catalunha não tomou conhecimento dos adversários

Por O Dia

Barcelona - O Barcelona afastou as críticas da torcida e da imprensa espanhola com uma atuação contundente nesta quarta-feira. Sem qualquer dificuldade, o time catalão goleou o Sporting Gijón por 6 a 1, pela 25.ª rodada do Campeonato Espanhol, e deixou o gramado aplaudido por sua torcida no Camp Nou.

Neymar foi bem na goleada do BarçaEfe / Quique García

O resultado levou o Barcelona a 57 pontos, ultrapassando o Real Madrid na liderança da tabela, mas os rivais têm duas partidas a menos e ainda atuam nesta quarta, diante do Las Palmas em casa. O Sporting Gijón, por sua vez, está na zona de rebaixamento do Espanhol, em 18.º, e tem somente 17 pontos.

Com atuações pouco convincentes nas últimas partidas, principalmente na goleada por 4 a 0 sofrida diante do Paris Saint-Germain pela Liga dos Campeões, o clima no Barcelona não era dos melhores. A imprensa local e a torcida já colocavam em dúvida o trabalho de Luis Enrique, mas a goleada desta quarta ajudou a afastar os questionamentos.

Diante da fragilidade do adversário, o Barcelona aproveitou para atacar nesta quarta. Rafinha levou perigo logo no início com bela finalização de canhota, mas foi aos oito minutos que a equipe abriu o placar. Messi recebeu lançamento perfeito de Mascherano, viu o goleiro saindo quase na marca do pênalti e, esperto, só desviou de cabeça, por cobertura.

Dois minutos depois, saiu o segundo. Desta vez, foi Neymar quem deu enfiada precisa para Suárez, que driblou o goleiro e bateu mesmo sem ângulo. A bola não tinha a direção do gol, mas Juan Rodríguez, na ânsia de afastar, desviou contra o próprio gol. O único susto sofrido pelo Barça aconteceu aos 20, quando Álvarez recebeu enfiada perfeita de Burgui na área e tocou cruzado. A bola bateu na trave e voltou para Castro finalizar para a rede.

Só que a superioridade do Barcelona era evidente, e somente seis minutos depois o time da casa marcou o terceiro. Rakitic cruzou para a área e a zaga tirou, mas sem muita força. A bola subiu e sobrou para Suárez, que encheu o pé de primeira da entrada da área e acertou o canto direito do goleiro.

Neymar estava em busca do seu gol, que quase saiu aos 42, quando ele arrancou e só parou em grande defesa de Cuellar. Para o segundo tempo, Luis Enrique voltou com Alcácer na vaga de Suárez, e o atacante demorou somente três minutos para deixar sua marca, aproveitando assistência de Messi.

Sem reação do adversário, o Barcelona seguiu controlando o confronto. Aos 13, Messi bateu falta próxima à área no travessão Somente sete minutos depois, no entanto, saiu o quinto. Neymar cobrou falta pela direita com perfeição. Mesmo não estando no melhor lugar para a finalização direta, acertou o ângulo esquerdo do goleiro. Antes do apito final, ainda houve tempo para Rakitic marcar o seu, em finalização forte à queima-roupa diante de Cuellar.

VILLARREAL GOLEIA - Na outra partida já encerrada da quarta-feira pelo Campeonato Espanhol, o Villarreal visitou o Osasuna e aproveitou a fragilidade do lanterna para golear por 4 a 1. Soriano, Soldado e Rafael Borre, duas vezes, marcaram os gols dos visitantes. Roberto Torres descontou.

O resultado manteve o Villarreal na zona de classificação para a Liga Europa da próxima temporada, ocupando a sexta colocação, com 42 pontos. Já o Osasuna segue com seu pesadelo, venceu somente uma vez na competição e tem apenas 10 pontos, afundado na lanterna da tabela.

Últimas de Esporte