Novo presidente da CBB viaja à Suíça para tentar derrubar suspensão da Fiba

Guy Peixoto ainda não tomou ciência do tamanho do rombo com o qual terá de lidar durante sua gestão

Por O Dia

São Paulo - Recém-eleito presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB), Guy Peixoto viajou nesta terça-feira para Zurique, na Suíça, onde terá uma reunião com o presidente da Federação Internacional de Basquete (Fiba), Horacio Muratore, e outros membros da entidade. O encontro ocorrerá na sexta-feira.

Guy Peixoto%2C CBBDivulgação

A reunião estava pré-agendada desde fevereiro, quando Guy participou de um primeiro encontro com os dirigentes da Fiba, ainda na condição de candidato à presidência da CBB. Vencedor da eleição na última sexta-feira ao derrotar Amarildo Rosa, o ex-jogador de 56 anos agora vai apresentar a Muratore o seu plano emergencial para reconstrução do basquete brasileiro.

A prioridade é derrubar a suspensão da Fiba, que, por enquanto, vale até maio. Guy tentará convencer os dirigentes de que o seu planejamento é satisfatório. A entidade máxima do basquete defende a criação de uma força-tarefa, com participação do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Ministério do Esporte e Liga Nacional de Basquete (LNB), além de um representante da Fiba.

Guy foi o único que não assinou o termo de compromisso em fevereiro, após o encontro em Zurique. A postura foi determinante para o ex-jogador vencer o pleito da CBB, já que Amarildo aceitou as condições impostas pela Fiba e, com isso, desagradou os presidentes das federações estaduais. Eles perderiam poder nas decisões.

O presidente da CBB ainda não tomou ciência do tamanho do rombo com o qual terá de lidar. A informação é de uma dívida de mais de R$ 17 milhões. A entidade está com salários atrasados, sem pagar vale-refeição e sem depositar o valor do FGTS.

Últimas de Esporte