Por bferreira

São Paulo - No menor público do ano em seu estádio, o São Paulo apenas empatou com o Ituano por 1 a 1, neste sábado à tarde, pelo Campeonato Paulista. Cueva fez o gol do time antes de se apresentar à seleção do Peru e atrás Renan Ribeiro, que estreou no gol sob o comando de Rogério Ceni, evitou uma derrota no Morumbi com grandes defesas e ouviu a torcida gritar seu nome.

O início da partida não parecia promissor ao São Paulo. Logo aos 4 minutos, em um cruzamento da esquerda, Simião apareceu sozinho e finalizou, mas Renan Ribeiro fez ótima defesa, salvando o time da casa de sofrer um gol logo cedo no confronto. A resposta veio dez minutos depois, com Bruno, que tentou cruzar e quase marcou. O goleiro Fábio conseguiu espalmar.

Apesar do favoritismo, o São Paulo tinha muita dificuldade para criar as jogadas e não conseguia furar a marcação do Ituano, que recuava todos os seus jogadores e atuava compactada do meio para trás. Sem espaço, a criação das jogadas não acontecia e o Ituano aproveitava para incomodar nos contra-ataques.

Em um desses lances, Claudinho tocou para Morato na entrada da área, que devolveu para o companheiro. Claudinho chutou, mas Douglas desviou par escanteio, evitando o perigo. E quando a partida se encaminhava para o intervalo com o placar em branco, o São Paulo acertou uma jogada no ataque. Pratto dominou a bola fora da área e tocou para Bruno. O lateral cruzou e Cueva marcou seu sétimo gol na temporada.

Na etapa final os dois times vieram com modificações. Ceni recuou Jucilei para a zaga, no lugar de Douglas, que saiu para a entrada de João Schmidt. O treinador também mexeu na lateral esquerda. Roque Júnior, por sua vez, sacou Marcelinho e colocou Rodrigo Celeste.

No primeiro ataque, o Ituano quase empatou. Simião bateu da entrada da área e Renan Ribeiro fez uma linda defesa e ouviu a torcida gritar seu nome. Só que aos 16 não teve jeito. Em uma bela jogada, Morato lançou Igor, que chutou na saída de Renan Ribeiro. O goleiro espalmou e no rebote Simião marcou.

Após sofrer o empate, o São Paulo tentou partir para cima e, ao mesmo tempo que arriscou, ficou mais vulnerável aos contragolpes Aos 29, Pratto aproveitou cruzamento da direita e cabeceou na trave. A resposta do Ituano veio aos 35, também numa cabeçada, de Lima, que Renan Ribeiro salvou com o rosto.

O resultado deste sábado fez o São Paulo ficar com 15 pontos na liderança do Grupo B, apenas um à frente do vice-líder Linense, que na última sexta-feira empatou por 0 a 0 com o Botafogo, em Lins. Já o Ituano foi aos dez pontos no Grupo A, no qual ocupa a terceira posição, dois atrás do vice-líder Botafogo.

O time botafoguense, por sinal, será o próximo rival da equipe são-paulina, quarta-feira, às 21h45, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, pela décima rodada do Paulistão. Já o Ituano receberá o Linense em Itu na terça, às 21h, no Novelli Junior.

Você pode gostar