Schweinsteiger deixa Manchester United e acerta com time dos EUA

Jogador vai reforçar o Chicago Fire após sofrer com lesões e falta de oportunidade no clube inglês, comandada atualmente por José Mourinho

Por O Dia

Inglaterra - O meio-campista Bastian Schweinsteiger anunciou nesta terça-feira que está deixando o Manchester United. O jogador alemão vai reforçar o Chicago Fire, dos Estados Unidos, após sofrer com lesões e falta de oportunidade na equipe inglesa, comandada atualmente por José Mourinho.

Aos 32 anos, o campeão mundial em 2014 com a seleção da Alemanha vive uma das fases menos produtivas de sua carreiraEfe

"Estou triste por deixar muitos amigos no Manchester United. Mas estou agradecido ao clube por permitir esta oportunidade de aceitar o desafio no Chicago Fire", disse o jogador, que joga tanto como volante quanto como meia. O time norte-americano disputa a Major League Soccer, a principal liga de futebol dos EUA.

Aos 32 anos, o campeão mundial em 2014 com a seleção da Alemanha vive uma das fases menos produtivas de sua carreira. Desde que chegou ao United, em 2015, o alemão vem tendo dificuldades com problemas físicos e raras oportunidades entre os titulares, principalmente depois da chegada de Mourinho, no ano passado.

Schweinsteiger desembarcou no Manchester após uma longa carreira no Bayern de Munique. Foram 14 anos entre o time B e a equipe principal, fora o período na base. Com o Bayern, o meia faturou nada menos que oito títulos alemães e sete da Copa da Alemanha, além de uma Liga dos Campeões e um Mundial de Clubes.

Buscando ares novos na carreira, o jogador tentou atuar no futebol inglês, mas não teve sucesso. Em quase dois anos no Manchester, disputou apenas 18 partidas e marcou somente um gol. Agora tentará se reerguer no ascendente futebol dos Estados Unidos.

E, para acertar com o Chicago Fire, Schweinsteiger ainda precisa ser aprovado nos exames médicos e obter o visto para jogar profissionalmente em solo americano.

Últimas de Esporte