Vídeo: Jogadores usam 'malandragem' para enganar juízes e adversários

Em jogo pela Copa Libertadores, o brasileiro Alex Silva rasgou a própria camisa e foi reclamar com o árbitro

Por O Dia

Rio - A cena do zagueiro brasileiro Alex Silva rasgando a própria camisa no jogo entre seu time, o Jorge Wilstermann, e Palmeiras pela Libertadores, para tentar enganar o árbitro não é fato raro no futebol. Diversos atletas tentam ludibriar a arbitragem e os adversários com lances muitas vezes engraçados.

Atualmente os jogadores podem ser punidos pelos tribunais esportivos mesmo que o juiz não veja o que realmente aconteceu na jogada. Antigamente, com os recursos limitados da televisão, era muito mais difícil ver após os jogos determinadas jogadas.

Um dos lances que marcaram a malandragem no futebol aconteceu no Rio de Janeiro numa partida entre Bangu e Flamengo em 1970. O floclórico atacante Dé, o Aranha, pegou uma pedra de gelo e acertou a bola. Ela mudou de direção e enganou o defensor Reyer, do Rubro-negro. Aí o Aranha só teve trabalho de driblar o goleiro e marcar para o time da Zona Oeste.

Últimas de Esporte