Massa celebra sexto lugar, elogia Williams e brinca: 'Nada mau para um velho'

Brasileiro terminou uma posição na frente da que largou na Austrália

Por O Dia

Austrália - O brasileiro Felipe Massa não poderia pedir uma estreia melhor na temporada 2017 da Fórmula 1. Neste domingo, no GP da Austrália, vencido por Sebastian Vettel, o piloto da Williams ganhou uma posição logo na largada e conseguiu segurar a sexta colocação para somar seus primeiros oito pontos no Mundial.

"O resultado foi simplesmente ótimo. Eu fiquei muito feliz com o carro todo. O jeito que administrei os pneus, a consistência, o trabalho de toda a equipe, o pit stop... Tudo funcionou realmente bem. Eu também consegui bater as equipes que estavam atrás da forma certa", declarou após a prova.

Felipe Massa terminou a corrida na sexta colocaçãoEFE/Toni Albir

Sétimo no grid, Massa explicou que considerava a largada fundamental para definir seu futuro na prova. Por isso, atacou Romain Grosjean assim que o sinal verde apareceu e conquistou a sexta colocação. O piloto também celebrou o fato de ter ficado atrás somente das três principais equipes da categoria: Ferrari, Mercedes e Red Bull.

"Definitivamente, foi uma boa corrida. Eu sabia que a coisa mais importante para mim seria ultrapassar o Grosjean na largada, porque a competição era muito mais com ele do que com os outros caras na frente, que eu sabia que seriam muito difíceis de bater, como Red Bull, Ferrari e Mercedes. Tive um começo muito bom e o ultrapassei. Então, minha corrida ficou livre até o fim", considerou.

Aos 35 anos, Massa é um dos pilotos mais experientes em meio a um grid repleto de jovens talentos. Justamente por causa da idade, ele chegou a anunciar a aposentadoria ao fim da última temporada e só voltou atrás por causa da ida de seu então companheiro de Williams Valtteri Bottas para a Mercedes, fato que deixou de forma inesperada uma vaga aberta no cockpit da equipe inglesa para 2017.

Com o resultado deste domingo, Massa se mostrou animado para brigar por posições no Mundial deste ano, e brincou com o retorno da aposentadoria. "Podemos usar esta corrida para pensar em termos de trabalho para o Mundial. Estou muito feliz com o resultado, então agradeço a toda equipe. Nada mau para um velho "

Últimas de Esporte