Por jessyca.damaso

Rio - Apesar de não ter conseguido vitórias nas duas últimas rodadas, o Nova Iguaçu segue muito bem na briga para chegar às semifinais da Taça Rio. Vice-líder do Grupo B, com sete pontos, à frente de Botafogo e Boavista no saldo de gols, o Orgulho da Baixada terá mais uma decisão pela frente: enfrenta o Resende, nesta quarta-feira, às 15h30, no Estádio de Los Lários, em Xerém.

Paulo Henrique quer entrar para a história do clube conseguindo uma vaga na semifinal da Taça RioBernardo Gleizer/NIFC

A partida não pôde ser realizada no Estádio do Trabalhador, em Resende, em virtude da falta de laudos do Corpo de Bombeiros. Paralelamente à briga pelas semifinais da Taça Rio, o Nova Iguaçu também briga por uma vaga nas semifinais do Campeonato Carioca - atualmente está em quinto na classificação geral - e por vagas na Série D do Brasileiro e na Copa do Brasil de 2018.

"Ficamos felizes por ter conseguido a pontuação suficiente para não termos de disputar a fase preliminar do Carioca no ano que vem, mas satisfeitos ainda não estamos. Podemos alcançar coisas grandiosas ainda, chegar a uma semifinal e entrar para a história do clube. Temos plena consciência de que só depende da gente", afirmou o volante e capitão Paulo Henrique.

A derrota para o Volta Redonda no último final de semana, fora de casa, já faz parte do passado, segundo Paulo Henrique. A motivação do elenco está em alta, mas todos estão esperando um confronto difícil. Afinal de contas, o Resende ocupa no momento a décima colocação na classificação geral, com oito pontos, e briga para escapar da fase preliminar em 2018.

"Não conseguimos o resultado que gostaríamos, claro. Temos de apagar esse jogo cotra o Volta Redonda e manter a cabeça tranquila. Hoje a postura de quem nos enfrenta já é outra. O Resende também precisa vencer, será um jogo difícil, mas temos que manter o que estamos fazendo em todo o campeonato e buscar esses três pontos", projetou o camisa 7.

Uma vitória nesta quarta-feira pode garantir também a melhor campanha do Nova Iguaçu na história do clube na Série A do Campeonato Carioca em termos de aproveitamento, superando 2014. Depois do Resende, o Orgulho da Baixada fechará sua participação na primeira fase da Taça Rio contra o Vasco da Gama, domingo, às 16h, em Moça Bonita.

Você pode gostar