Folclórico atacante Flávio Caça-Rato explica gol inusitado pelo Tupi

Atacante roubou a cena no final de semana pelo Campeonato Mineiro

Por O Dia

Minas Gerais - Um gol de Flávio Caça-Rato causou muita polêmica e virou o assunto do final de semana nas redes sociais. O atacante marcou um gol pra lá de esquisito pelo Tupi contra o América, pelo Campeonato Mineiro.

Jajá, seu companheiro de time, fez boa jogada pela esquerda, driblou o goleiro e, na hora de fazer o gol, simplesmente parou. Ele virou de costas, supostamente achando que estava em impedimento, mas Caça-Rato não quis saber de conversa e chutou para dentro da meta americana.

O folclórico atacante de 30 anos revelou em entrevista após o final da partida que Jajá não ficou chateado com ele: "Todo mundo está me chamando de traíra, me ligando. Na verdade, o Jajá é parceiro e nem eu mesmo entendi o que ele quis fazer. Ele falou que achou que estava impedido. Ele disse que nem ia fazer o gol, ia deixar a bola parada. Aí eu quis dar uma bicuda pra acabar com esse negócio todo”, revelou.

Flávio Caça-Rato se destacou nacionalmente quando vestiu a camisa do Santa Cruz de Recife entre os anos de 2011 e 2014. O atacante virou ídolo do time coral ao marcar inúmeros gols decisivos. Depois, rodou por Remo, Guarani, Duque de Caxias e Tupi de Juiz de Fora.

Últimas de Esporte