Jacaré afirma não pensar em cinturão, mas critica campeão: 'Estou ganhando mais'

Lutador brasileiro ironizou inatividade de Michael Bisping, declarando que já lutou três vezes, enquanto o americano esteve fora dos ringues

Por O Dia

Rio - O lutador Ronaldo "Jacaré" de Souza esbanjou sinceridade em entrevista nesta terça-feira. Criticando o atual campeão dos médios, o americano Michael Bisping, o brasileiro afirmou que não pensa mais em cinturão, mas ironizou a inatividade do rival, que espera por Georges St-Pierre.

Jacaré lutará no próximo dia 15Reprodução / Facebook

Sem lutar desde outubro do ano passado, Bisping aguarda a luta contra St-Pierre, em uma oportunidade única para que o UFC tenha grande retorno financeiro. No entanto, Jacaré foi ácido ao comentar o hiato do americano no octógono.

"Eu já fui muito ansioso. Hoje em dia eu não sofro mais, sou tranquilo e resolvido com meu trabalho. Estou no UFC e ganhando um bom salário. Ganhando mais do que o Bisping, já que vou fazer minha terceira luta e ele não luta. Se ele for viver de pay-per-view, ele está morto, porquê a luta dele com o Dan Henderson foi uma b****", disse o brasileiro.

Apesar disso, o lutador afirmou que não pensa em disputar o cinturão. Com 37 anos, Jacaré também mostrou certa resignação com as "money fights", que visam mais o lado financeiro.

"Parei de pensar no cinturão, parece que estou correndo atrás do vento. Estou trabalhando, fazendo meu passo de cada vez. Não adianta pedir , tenho que trabalhar. Ganhar dinheiro é muito bom, mas não adianta ganhar dinheiro e perder a dignidade. Quem manda no UFC são os patrões. Se a money fight acontece é porque o UFC permite. Não posso fazer nada."

A próxima luta do brasileiro no maior evento de MMA do mundo será no próximo dia 15, contra o americano Robert Whittaker.

Últimas de Esporte